Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

A Torcida Tricolor apoiou e vibrou junto com Borel

A prata da casa de 16 anos vem como promessa do Bahia

Douglas deu assistência para gol de Gilberto — Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia / Divulgação
172

Douglas Torres chegou ao Bahia com apenas 13 anos de idade. Atualmente com 16 anos, a jovem promessa Tricolor teve a primeira oportunidade de mostrar para a grande Massa Tricolor o seu valor. O moleque de Camaçari entrou aos 31 minutos do segundo tempo no lugar de Nino Paraíba e teve total apoio da torcida.

A joia é conhecida como Borel, apelido que recebeu dos companheiros quando chegou ao Bahia. A semelhança com o músico Nego do Borel teria sido a inspiração dos companheiros.

O Bahia já aplicava 6×0 no Juazeirense quando Douglas foi chamado por Enderson Moreira para entrar na partida. Os milhares de Torcedores presentes no estádio deram total apoio ao joven Lateral, que não decepcionou, dando uma excelente assistência para Gilberto empurrar o sétimo gol no Juazeirense.

Douglas confessou que estava ansioso para ganhar essa oportunidade, entretanto, não se sentiu intimidado. Quando chamado pelo treinador foi com muito impeto. Enderson Moreira pediu tranquilidade ao garoto, simplicidade, que repetisse o que vinha fazendo nos treinamentos.

Tinha muita ansiedade, mas medo não tive. Sabia que estava preparado para esse momento.

Apesar de estar no Bahia a pouco tempo, já atuou pelas equipes sub-15, sub-17 e sub-20, conquistando a Copa Metropolitana pelo sub-15 e um Campeonato Baiano pelo sub-20.

Antes de ter essa oportunidade, Douglas estava treinando com a equipe B do Esquadrão, que atualmente é comandada por Claudio Prates. Na ultima sexta-feira, o Lateral doi chamado por Enderson Moreira para se juntar às atividades com o time A.

Ídolo

Douglas tem Daniel Alves como ídolo e acredita que possui características semelhantes ao Lateral do PSG.

 

Acho que as características dele são quase parecidas com a minha. Por isso sou muito fã dele.

Paciência e Cautela

Enderson Moreira reforçou a necessidade de se ter paciência em relação às promessas da base Tricolor, respeitando sempre o melhor momento para que a transição em definitivo para o time profissional seja da melhor forma possível.

É um menino que a gente observa que tem qualidade. A gente tem que ter tranquilidade com ele, hoje foi um momento favorável. A gente sente que é um menino que tem futuro promissor.

Comentários
Carregando...