Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Agora no ‘time de cima’, Robson reencontra o Vitória com a moral elevada

7

Veterano em Bavi, mas na base, Robson reencontra o Vitória com a moral elevada

O capitão Titi vai disputar o 20º clássico Bavi da carreira. Do lado dele, na defesa tricolor, tem um jogador que sabe muito bem o que é ter o rubro-negro como adversário. Entretanto, neste sábado (4), encarar o Vitória como profissional será algo inédito.

O jovem zagueiro Robson vai viver a experiência de disputar um clássico estadual pela primeira vez desde que foi promovido ao elenco profissional. A sensação é diferente, o clima também, mas as cores do adversário não soam como novidade para uma das principais peças do Bahia nesta segunda divisão. Jogador formado no clube, o defensor já enfrentou o rubro-negro em diversas categorias da base: infantil, juvenil e júnior. Ano passado, por exemplo, Robson foi o capitão tricolor na derrota da Copa do Brasil sub-20, no Barradão.

Hoje, próximo apenas do 18º jogo como atleta profissional do esquadrão, Robson sabe que enfrentar o Vitória tem um sentimento diferente, porém, ignora qualquer tipo de rivalidade trazida desde os times da base.

Para ele, o jogo será complicado e vai exigir muita concentração do grupo.

"É um jogo muito importante. É um clássico, uma partida especial, e temos condições de chegar lá e vencer. Clássico é sempre um jogo duro, decidido em detalhes, e esperamos ter uma boa atuação", comentou na Rádio CBN.

Na última quarta-feira (1º), o jovem zagueiro foi muito elogiado pelo diretor de futebol do clube, Alexandre Faria. O gestor o apontou com a principal supresa técnica do grupo tricolor em 2015. "Robson, em todos os programas esportivos, começou o ano como quinto ou sexto zagueiro. Cresceu muito, tem feita espetaculares partidas e se tornou um titular indiscutível", falou na CBN.

Robson, com contrato até o fim de 2016, treinou normalmente durante a semana e está confirmado no clássico deste sábado (4), ao lado de Titi, formando a dupla menos vazada da Série B: 4 gols sofridos.

Comentários
Carregando...