Anderson Barros não viaja para São Paulo

Com intervenção, Anderson Barros promete não viajar para São Paulo


Com a real possibilidade do Esporte Clube Bahia sofrer nova intervenção a partir desta terça-feira (9), após decisão do juiz Paulo Albiani, o diretor de futebol Anderson Barros se pronunciou sobre o assunto e bradou contra os responsáveis pela ação.

Visivelmente irritado com a situação, o atual diretor tricolor prometeu não viajar para São Paulo, onde o Bahia enfrenta o tricolor paulista nesta quarta-feira (10), às 22h, no Morumbi.

De acordo com Anderson Barros, a intervenção prejudica a imagem do clube diante dos ‘parceiros’ e possíveis contratações.

 – É uma situação muito delicada. Eu, particularmente, não viajo caso seja confirmada a notícia. Isso também influencia diretamente na comissão técnica e jogadores. Um clube como o Bahia, que enfrenta sérios problemas para manter atletas, está sendo prejudicado. Sem credibilidade, em virtude dessa instabilidade, o clube dificilmente consegue parceiros. Imagem ruim – reclamou em entrevista na rádio Itapoan FM.

Além da intervenção, assunto no qual Anderson Barros demonstrou irritação surpreendente, o gestor confirmou que Cristóvão Borges foi sondado por dois clubes da Série A.

– Não só o Vasco. O Grêmio e o Atlético Paranaense também. É um profissional muito competente e leal. E a nossa instabilidade provoca isso também. As pessoas precisam entender isso – bradou mais uma vez.


Tabela interativa da Série A com atualização online

http://uniaotricolorba.com.br/tabelaseriea.asp


 

Fonte: Felipe Santana – Bahia Notícias

Foto: ECB