Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Anderson pede que perda da Copa do Nordeste fique para trás

Bahia agora se prepara para enfrentar o Vasco, na próxima segunda-feira (16), pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil

Anderson concede entrevista coletiva (Foto: Divulgação/EC Bahia)
37

Na tarde desta quarta-feira (11), o goleiro Anderson concedeu entrevista coletiva no Fazendão. Nesta quarta, o Bahia se reapresentou e voltou aos treinos após a perda do título da Copa do Nordeste para o Sampaio Corrêa, no último sábado (7). O clima da entrevista foi de melancolia pela perda do título regional.

Um dos líderes do elenco, Anderson é sempre um dos motivadores dos jogadores antes das partidas, principalmente em decisões. Agora, a missão do goleiro é ajudar a equipe a ultrapassar essa momento difícil e focar na partida contra o Vasco, na próxima segunda-feira (16), em São Januário, jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Para o goleiro, mais do que nunca, esse é o momento de apoiar o time:

Se depender de mim, sei que vou motivar todos a todo instante, todos me conhecem, sabem o que sou e o que faço, dentro ou fora de campo, jogando ou não. Hoje estou jogando. A gente sabe que não pode ficar assim. Futebol não dá chance para isso, baixar a cabeça, lamentação, chegar desmotivado. Falei para eles, ri um pouco na chegada, os caras ainda estão preocupados com a torcida, que sofreu bastante, vi gente chorando. Falei para eles, temos que ter tranquilidade, a torcida do Bahia não merece o que aconteceu sábado, mas o Vasco não quer saber disso. Se a gente não se preparar, vai encontrar dificuldades. Mas hoje vamos trabalhar e nos preparar para essa partida

Como Douglas ainda se recupera de lesão no cotovelo, Anderson deverá ser o titular contra o Vasco. O goleiro pediu cuidado com a equipe treinada por Jorginho, que comandou o Bahia por um breve período em 2017. De acordo com o arqueiro, o Tricolor precisa jogar de forma inteligente para sair com a classificação e não pode ficar esperando o adversário durante toda a partida:

A gente tem que jogar para cima, não pode esperar muito a equipe do Vasco. A gente conhece o Jorginho, sabe que a equipe dele busca ter a posse de bola a todo momento para sair jogando e chegar no ataque. É marcar lá em cima, fazer o que o professor vem pedindo e buscar vencer.

Após ter vencido o jogo de ida por 3 a 0 na Arena Fonte Nova, o Bahia se classifica mesmo se perder por dois gols de diferença.

Confira o que Anderson falou em entrevista coletiva

Virar a chave
– Difícil, mas a gente sabe do nosso potencial. Queríamos vencer, principalmente pela torcida, a festa que fizeram. Vai ficar marcado, não positivamente porque a gente não conseguiu vencer o Sampaio Corrêa. Mas futebol não dá tempo de lamentações. Segunda-feira tem uma decisão contra o Vasco. É outra competição, mas podemos chegar.

Calma para o restante da temporada
– Tranquilidade eu digo que é uma coisa que não falta. Falta a bola entrar mesmo. O professor trabalha isso no dia a dia, cobra bastante dos jogadores da frente. Temos grandes jogadores. O Gilberto será liberado, é um grande jogador, joguei com ele no Santa Cruz. É ter tranquilidade. Sei que é difícil, a torcida vai cobrar, mas jogar em time grande é isso, tem cobrança todo dia.

Lições com a perda do título
– De lição positiva fica a equipe que entrou, o time teve momentos que se propôs a jogar, eles souberam se defender bem, a gente ficou martelando e não conseguiu furar o bloqueio deles. A gente ficou muito triste por causa da torcida. Eles mereciam muito mais do que a gente. Temos que ter tranquilidade, não vamos nos desesperar. Segunda-feira temos um jogo muito importante. Temos que virar a chave.

Comentários
Carregando...