Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Apesar da arbitragem, Schmidt não tira culpa do Bahia por desempenho ruim

0

Schmidt critica arbitragem, mas não tira culpa do Bahia por desempenho ruim no Brasileiro

Presidente do Bahia fez duras críticas aos erros recorrentes de arbitragem contra o time na Série A

O Bahia não esconde a insatisfação em relação à escolha da arbitragem para os últimos jogos. No duelo diante do Cruzeiro, o time baiano teve dois jogadores expulsos e sofreu o gol de empate após um pênalti duvidoso. A atuação deixou diretoria, elenco e torcedores furiosos.

Na manhã desta sexta-feira (12), o clube chegou a emitir uma nota de protesto contra os erros dos árbitros. Horas depois, o presidente Fernando Schmidt concedeu entrevista ao Correio24Horas e à Rádio CBN e voltou a criticar a escolha feita pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

"O propósito (da nota oficial) é ajudar. Queremos que as escolhas desastrosas de árbitros que foram feitas para apitar os jogos do Bahia, não aconteçam mais. Não passa pela minha cabeça que isso é feito de propósito conosco. O que não dá é para deixar que passe em branco. Quem viu jogo de ontem sabe perfeitamente o que estou dizendo. Foram pênaltis não marcados, jogadores expulsos sem necessidade", disse ele.

Schmidt explicou ainda que a única exigência do clube é que haja mais rigor em relação à escolha do trio de arbitragem dos duelos. Uma das queixas do presidente foi o fato de o árbitro sul-matogrossense Marcos Mateus Pereira nunca ter apitado um jogo de Série A na carreira. "É claro que isso atrapalha. Não tenho a menor dúvida! O que reivindicamos é o mesmo que os times do sul e sudeste reivindicam. Todos queremos árbitros do quadro da Fifa e são atendidos. Por que o Bahia e o Nordeste inteiro têm de ficar fora disso?", questionou.

Embora demonstre a insatisfação com o comportamento da arbitragem no Campeonato Brasileiro, Schmidt não isenta o clube de ser responsável pela má campanha na competição. "Nenhum erro tira a responsabilidade do Bahia em relação à campanha no Brasileiro, mas seria encarado como normal se fosse só responsabilidade do Bahia. O problema é que tem havido influência direto sim, da arbitragem, no resultado dos jogos", concluiu.

Atualmente, o Bahia ocupa a lanterna do Campeonato Brasileiro, com apenas 17 pontos somados. O tricolor está há nove rodadas na zona de rebaixamento.

Comentários
Carregando...