Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Perto do Corinthians, Juninho Capixaba se despede do Bahia em postagem

Cria da base, Juninho Capixaba fez sua primeira partida como titular do Bahia no Brasileirão no último domingo (Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia)

O lateral-esquerdo Juninho Capixaba fez uma postagem no Instagram se despedindo do Bahia e agradecendo pelos seus cinco anos no clube. Após uma longa negociação, o jogador parece, enfim, ter se acertado com o Corinthians.

Porém, Juninho Capixaba ainda não confirmou o seu destino. O jogador disse, ao site Globo Esporte, que a negociação já se encerrou, mas espera o pronunciamento oficial do Bahia. Porém, ele já confirma que não irá permanecer no Tricolor baiano em 2018.

As negociações pelo jogador se arrastam desde meados de dezembro. O Bahia pediu ao Corinthians, em troca de Juninho Capixaba, uma compensação financeira e três jogadores do alvinegro. As negociações deram uma esfriada por conta de alguns impasses na última semana. Porém, nesta segunda (1º), as conversas voltaram a esquentar e aparentemente, o acerto foi concluído.

O principal impasse da negociação são os jogadores escolhidos pelo Bahia como contrapartida. Os atletas seriam o goleiro Douglas Friedrich, o lateral Moisés e o meia Marlone, porém, o meia já acertou sua ida para o Sport. O Bahia até aceita receber dois jogadores no negócio, contanto que fique com uma porcentagem dos direitos econômicos dos dois. Outro impasse é o valor dos salários dos jogadores do Corinthians.

Na negociação, o Bahia pediu 1,5 milhão de euros por 70% dos direitos econômicos de Juninho Capixaba. O Bahia manteria os 30% restantes. O Corinthians estava negociando um contrato longo com o lateral, de cinco anos.

Juninho Capixaba seria o substituto de Guilherme Arana, titular absoluto da campanha do título brasileiro, que acabou sendo vendido ao Sevilla, da Espanha. O jovem lateral do Bahia começou o ano como o terceiro jogador da posição, mas acabou superando Armero e Matheus Reis para assumir a titularidade durante o Campeonato Brasileiro. O lateral fez 24 jogos no ano, 17 na Série A.

Foram quase 5 anos ou até mais nesse clube,não apenas cinco dias.Cinco anos de muito aprendizado, de batalhas,de vitórias, de amizades. Cheguei ao Bahia ainda adolescente e cheio de sonhos e, a cada ano que se passava,eu crescia e aprendia mais e mais. Nesse momento de despedida, tenho muito que agradecer a todos do clube. Das tias da cozinha aos presidentes, todos tiveram uma grande importância para mim e levarei para sempre essa eterna lembrança. Desde o início o clube acreditou no meu potencial e me deu todas as condições para que eu fosse evoluindo ano após ano e eu agradeço demais essa grande chance que tive para mostrar meu trabalho. Nesse momento difícil de despedida, eu quero agradecer a todos e não poderia deixar de reservar um espaço especial nesse texto para a Nação Tricolor,que sempre me apoiou desde que eu fui lançado. É uma torcida maravilhosa, fanática, que arrepia e contagia qualquer jogador durante os jogos, é realmente o 12º jogador do time. Não é à toa que no Hino do Bahia tem um trecho que fala “Ninguém nos vence em vibração!” Muito obrigado mesmo!!! Para terminar, nessa saída para uma nova história não quero dizer adeus . Quero dizer até logo !!! BBMP??⚪️Serei um torcedor fanático como todos os outros por esse mundão!!! #FIRMA

Uma publicação compartilhada por Juninho Capixaba (@j_capixaba97) em

Comentários
Carregando...