Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Após marcar dois gols, Élber sobe no conceito de Enderson e se firma como titular

Atacante superou as críticas da torcida e tem bons números ofensivos e defensivos

Élber comemora gol contra o Grêmio (Foto: Reprodução)
29

O atacante Élber foi o grande destaque do Bahia no empate em 2 a 2 com o Grêmio, no último sábado (6), em Porto Alegre, pelo Campeonato Brasileiro. O jogador, que vinha sendo questionado pela torcida ao longo da temporada, marcou os dois gols do Tricolor na partida, que fez com que a equipe abrisse 2 a 0 no placar. Porém, com atuação polêmica do árbitro Rodolfo Toski Marques, que expulsou incorretamente o zagueiro Jackson e deu um pênalti inexistente ao Grêmio, o Bahia acabou cedendo o empate.

Titular nos últimos quatro jogos do Bahia no Campeonato Brasileiro, Élber só ficou de fora dos jogos contra o Botafogo, pela Copa Sul-Americana, porque foi poupado por questões físicas. O atacante tem a confiança do técnico Enderson Moreira, que não o substituiu nas últimas duas partidas. Dos 22 jogos que ele disputou pelo Brasileiro, ele não foi substituído apenas oito vezes.

Antes do jogo contra o Grêmio, Élber havia feito apenas um gol no Campeonato Brasileiro, contra o Vasco, ainda no primeiro turno.

Nos últimos quatro jogos em que o atacante foi titular, o Bahia não conseguiu vencer. Em uma sequência difícil, o Tricolor apenas empatou com Grêmio, Palmeiras e Flamengo, e perdeu para o Vasco, adversário direto na briga contra o rebaixamento.

Élber tem bons números na atual edição do Campeonato Brasileiro: líder em assistências do Bahia na competição (5 assistências), quarto em número de finalizações e dribles. No jogo contra o Grêmio, o atacante finalizou duas vezes, fez quatro cruzamentos, sofreu quatro faltas e realizou seis desarmes (cinco certos e um errado).

Além de bom no ataque, Élber também tem grande importância no sistema defensivo, sendo o sexto melhor do Tricolor em números de desarmes, apenas atrás de Gregore, Zé Rafael, Elton, Léo e Nino Paraíba. Entre os jogadores ofensivos, apenas Zé Rafael desarma mais que ele. Esta característica faz com que ele tenha vantagem em relação a outros jogadores da posição, como Marco Antônio, Clayton e Edigar Junio. O próprio Enderson Moreira fez elogios à “consistência defensiva” do atacante.

O Bahia volta a campo pelo Campeonato Brasileiro no próximo sábado (13), às 21h, contra o Paraná, no estádio de Pituaçu.

Comentários
Carregando...