Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Após rápida ascensão, Ignácio vira opção para o jogo contra o Paraná

Zagueiro de 21 anos, após se destacar no Campeonato Brasileiro de Aspirantes, estreou no time principal no jogo contra o Grêmio

Ignácio e Edigar Junio treinam pelo Bahia no Fazendão (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)
39

O zagueiro Ignácio, de 21 anos, era o menos conhecido pela torcida entre os relacionados para o jogo contra o Grêmio, no último sábado (6). O defensor, que havia defendido o Bahia apenas no Campeonato Brasileiro de Aspirantes, deixou a equipe sub-23 após o fim da competição e foi incorporado ao time principal. Porém, com a concorrência de nomes como Tiago, Lucas Fonseca, Jackson, Douglas Grolli e Everson, fazia com que ele recebesse poucas chances de ser relacionado para as partidas. Porém, após entrar no segundo tempo da partida em Porto Alegre, a torcida ficou curiosa para saber quem é esse jogador, nascido em Currais Novos, no Rio Grande do Norte.

Ignácio começou a temporada no pouco conhecido time do Força e Luz, que, após o final do Campeonato Potiguar, ficou sem calendário para o restante da temporada. No estadual, ele disputou todos os 14 jogos do clube e fez um gol, no empate em 1 a 1 com o ABC.

Como o Força e Luz não jogaria mais em 2018, Ignácio foi emprestado a outro time potiguar: a Associação Sportiva Sociedade Unida (ASSU), que disputou a Série D. O zagueiro jogou os seis jogos da fase de grupos, cinco como titular e um como reserva. Porém, o ASSU foi o lanterna do Grupo 5 da competição, com apenas um triunfo, um empate e quatro derrotas, sendo eliminado da competição.

Mesmo após a campanha ruim na Série D, Ignácio foi convidado pelo Bahia para passar um período de testes no Fazendão. Seu desempenho agradou e ele foi emprestado pelo Força e Luz. O zagueiro acabou se tornando titular da equipe sub-23 no Campeonato Brasileiro de Aspirantes, se destacando.

Após o Bahia ser eliminado da competição do sub-23, Ignácio foi promovido ao time principal pela diretoria de futebol e comissão técnica. Se em março, ele estava no Força e Luz, sete meses depois, ele estreava na Série A do Campeonato Brasileiro.

Sua estreia na equipe principal foi em um momento tenso do Tricolor, já que a equipe jogava fora de casa, contra o atual campeão da Libertadores, com um a menos após a expulsão de Jackson.

No jogo em Porto Alegre, Ignácio atuou cerca de 40 minutos, conseguindo, segundo o site Footstats, quatro passes certos, dois desarmes, uma intercepção certa e quatro rebatidas.

Com Jackson suspenso, e Tiago e Everson ainda se recuperando de lesão, Ignácio é opção para o jogo do próximo sábado (13), contra o Paraná, no estádio de Pituaçu, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. Além dele, as outras opções do técnico Enderson Moreira são Lucas Fonseca, Douglas Grolli e o jovem Jaques.

Ignácio tem contrato apenas até o final desta temporada. Porém, Diego Cerri, diretor de futebol do Bahia, declarou que o clube pode pagar uma quantia acessível para que o zagueiro continue no clube:

A gente trouxe para teste, depois de observar um material dele e pegar algumas informações. Disputou quatro partidas no Brasileiro de Aspirantes. Temos uma opção de compra bem acessível

O zagueiro, então, terá dois meses para mostrar que o clube poderá investir para que ele siga no Fazendão. Além disso, Ignácio terá este tempo para conquistar seu espaço no coração da torcida tricolor.

Comentários
Carregando...