Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Atormentado por lance do pênalti no Ba-Vi, Henrique vira opção para Doriva

Depois de sofrer pênalti não marcado no Ba-Vi da final do Baiano, Henrique é um dos cotados para substituir Edigar Junio contra o América-MG, pela Copa do Brasil

Um lance envolvendo o atacante Henrique é um dos mais comentados desde que o Bahia perdeu o título baiano para o Vitória, no último domingo, na Arena Fonte Nova. Ele foi derrubado dentro da área por Amaral, mas o árbitro Leandro Pedro Vuaden não marcou a penalidade. O Tricolor, que precisava vencer por dois gols de diferença, amargou o vice-campeonato ao fazer 1 a 0 no rival.

E foi justamente Henrique o jogador escolhido para conceder entrevista coletiva, na tarde desta terça-feira, antes do treino no Fazendão. Questionado sobre o assunto, ele revelou que, desde domingo, não consegue dormir direito e já viu o lance inúmeras vezes.

– Minha sinusite está atacada, porque estou dormindo pouco, revendo o lance o toda hora, e não acredito que ele [Vuaden] não deu aquele pênalti. Minha mulher tem visto comigo, que não estou conseguindo dormir, de tanto que eu vejo esse lance: “Pô, você já decorou esse lance, você já está narrando esse lance”. Para mim, acho que para todo mundo, quem viu sabe que foi pênalti. Agora é esquecer e pensar no América-MG – diz.

O Coelho é o próximo adversário do Bahia, em jogo marcado para esta quarta-feira, no estádio Independência, pela Copa do Brasil. Henrique surge como um dos candidatos a assumir uma vaga no ataque, já que Edigar Junio está machucado.

– Edigar está com estiramento. Se tiver oportunidade, vou aproveitar o máximo possível, fazer o que eu sei, usar minha velocidade, meus dribles e tentar fazer o gol – projeta Henrique.

Mas ele sabe que ainda não tem lugar garantido no time, já que Doriva ainda não divulgou os titulares.

– Oportunidade é difícil. Quando tem, tem que ser aproveitada. Quem entrar, se for eu ou outro, tem que aproveitar da melhor maneira possível, porque sabemos que quem está jogando está bem, e a gente precisa de um lugar – afirma.

Leia mais:
Estão fora: Hernane, Edigar e Moisés. Bahia divulga lista de relacionados
Contrato chega ao fim, e Cicinho deixa o Bahia com dez jogos realizados
Sem Hernane mas com Renato Cajá. Bahia encerra preparação para encarar o América-MG pela Copa do Brasil
Edigar Junio segue vetado e desfalca Bahia para duelo contra o América-MG
Jackson aponta Ba-Vi como exemplo e prevê ‘bons frutos’ para o fim da temporada
Facebook Oficial do Bahia exalta a Nacao Tricolor

Fonte: Ge.com

Comentários
Carregando...