Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Atraso nos salários: Kleina teme novo rebaixamento na carreira

4

Com dois meses de salários atrasados, Kleina teme novo rebaixamento na carreira

Os jogadores do Bahia parecem mesmo comprometidos em ajudar o Esquadrão a fugir da zona de rebaixamento. Prova disso é que o time vem em boa fase e se afastando do Z-4 do Brasileirão nos últimos jogos, mesmo estando há dois meses sem receber os vencimentos da agremiação, o que vem preocupando o treinador Gílson Kleina.

Mesmo pacientes, na manhã desta terça-feira (07), os jogadores resolveram pressionar a diretoria do Esquadrão, e antes do treinamento no Fazendão tiveram uma conversa com o diretor de futebol Rodrigo Pastana, que não nega os atrasos nos vencimentos dos atletas.

Além dos salários, a diretoria ainda deve a premiação do grupo pela conquista do Campeonato Baiano e dois bichos recentes (premiação por resultados no Brasileiro).

O mais incomodado com a situação no tricolor é o técnico Gílson Kleina, que estaria conseguindo segurar o grupo ‘na unha’, mas ele também teria chegado ao limite de paciência. Preocupado em ficar marcado com mais um rebaixamento na carreira, já que caiu junto com o Palmeiras em 2012, e por conta disso já estaria até pensando em deixar o Fazendão.

“A gente está administrando várias situações. Ao mesmo tempo em que esse grupo reivindica, é um grupo sério, que está em uma crescente, mas também é uma coisa que afeta. Não vou negar para vocês, a cabeça não é a mesma. A diferença é que ele troca para vir ao campo e depois troca para ser o pai da família, o marido, o filho. A gente sabe que as pessoas que trabalham no futebol ajudam muita gente. Chega um momento que também começa a atrapalhar”, disse o comandante tricolor.

Vale lembrar que recentemente o Bahia recebeu valores em torno de R$ 7 milhões com a venda de Anderson Talisca para o Benfica. Na saída do Fazendão, o garoto ficou sem receber dois meses de salários e direitos de imagem.

Comentários
Carregando...