Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Bahia joga mal e é derrotado pelo Internacional na estreia do Brasileirão

O uruguaio Nico López marcou os dois gols do triunfo gaúcho por 2 a 0 no Beira-Rio

Vinícius em jogo do Bahia contra o Internacional (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)
45

Na tarde deste domingo (15), o Bahia estreou com derrota no Campeonato Brasileiro. O Tricolor jogou mal e perdeu por 2 a 0 para o Internacional, no estádio do Beira-Rio, em Porto Alegre. Os dois gols da equipe gaúcha foram marcados pelo uruguaio Nico López.

O Tricolor tem a semana livre para treinos e só volta a campo no próximo sábado (21), às 16h, na Arena Fonte Nova, para enfrentar o Santos, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

O JOGO

Primeiro tempo

Aos nove minutos de jogo, após muito estudo por parte das duas equipes, o Bahia tentou o seu primeiro ataque após Zé Rafael dar um passe em profundidade para Edigar Junio, que saiu na cara de Marcelo Lomba, mas foi marcado impedimento do camisa 11 tricolor.

Aos 11, Léo cobrou lateral na área do Internacional, Fabiano tirou apenas parcialmente, Tiago cabeceou de volta para a área, a defesa do Inter falhou e Edigar Junio quase aproveitou a oportunidade.

Aos 16, a primeira boa chance do Internacional: Edenílson lançou William Pottker livre, mas Douglas interceptou o passe e ainda sofreu a falta. Aos 21, Nico López, que havia acabado de entrar no lugar do lesionado Rossi, recebeu pela esquerda, passou por Nino Paraíba, mas, sem ângulo, bateu para fora.

Aos 31, o Inter chegou novamente com perigo: D’Alessandro cobrou escanteio e Rodrigo Moledo cabeceou com perigo.

Aos 37, o Internacional abriu o placar: D’Alessandro fez jogada pela esquerda e tocou em profundidade para Patrick, que cruzou na área. Nico López se antecipou a Tiago e Douglas para cabecear para o gol e fazer 1 a 0 para o Inter.

Na sequência, o Colorado quase fez o segundo: William Pottker recebeu lançamento de D’Alessandro pela esquerda. Douglas saiu do gol e conseguiu evitar o chute do atacante, mas a bola sobrou para D’Alessandro que, sem goleiro, arriscou de primeira de fora da área, mas a bola foi por cima.

Segundo tempo

O Bahia voltou com mudança para o segundo tempo: Marco Antônio deixou o campo para a entrada de Júnior Brumado, que entrou para jogar no comando do ataque e deslocando Edigar Junio para a ponta.

Aos 10, o Inter chegou com perigo novamente: dentro da área, Nico López recebeu livre e rolou para D’Alessandro, que dominou e bateu para fora. Logo depois, mais uma chance para o Colorado: William Pottker recebeu pela direita e tocou para Nico López, que dominou livre e chutou para fora.

Aos 15, o Inter fez o segundo gol: Nico López tabelou com Edenílson e recebeu livre na área, para bater de primeira sem chances para Douglas. Segundo gol para o uruguaio.

Aos 17, o Bahia tentou diminuir: Zé Rafael arriscou com força de fora, mas Marcelo Lomba defendeu. Aos 19, Edigar Junio recebeu na área, mas na hora do chute, foi travado por Rodrigo Moledo.

Aos 23, o Inter voltou a assustar: livre pela esquerda, D’Alessandro rolou para a chegada de Patrick, que bateu por cima.

A última chance da partida foi do Bahia, aos 40: Léo tocou para Régis, que dominou no peito e bateu para fora.

Aos 40, Régis recebe passe de Léo, domina no peito e chuta de primeira, mas a bola foi para fora.

FICHA TÉCNICA
Internacional 2 x 0 Bahia
Campeonato Brasileiro – 1ª rodada
Local:
 Beira-Rio, em Porto Alegre
Data: 15/04/2018 (domingo)
Horário: 16h
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão – (CBF/GO)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa/GO) e Bruno Raphael Pires (Fifa/GO)
Assistentes adicionais: Jefferson Ferreira de Moraes (CBF/GO) e Osimar Moreira da Silva Júnior (CBF/GO).

Cartão amarelo: Willian Pottker e Brenner (Internacional)

Gols: Nico López (37/1º e 15/2º)

Internacional: Marcelo Lomba, Fabiano, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta, Iago; Rodrigo Dourado, Edenílson, Patrick, D’Alessandro (Gabriel Dias), Rossi (Nico López); William Pottker (Brenner). Técnico: Odair Hellmann

Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Tiago, Douglas Grolli e Léo; Elton; Marco Antônio (Júnior Brumado), Gregore, Vinícius (Régis) e Zé Rafael (Allione); Edigar Junio.Técnico: Guto Ferreira.

Comentários
Carregando...