Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Bahia empata com o Atlético-MG no último lance e segue fora do Z-4

Matheus Galdezani e Ricardo Oliveira marcaram os gols do Atlético-MG; Gilberto e Régis marcaram para o Bahia

Tiago em jogo do Bahia contra o Atlético-MG (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)
18

Na noite desta segunda-feira (30), o Bahia empatou em 2 a 2 com o Atlético-MG, na Arena Fonte Nova, em jogo válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida vinha empatada em 1 a 1 (gols de Matheus Galdezani para o Atlético e Gilberto para o Bahia) até o final do tempo regulamentar da segunda etapa. Até que, aos 46, Ricardo Oliveira colocou o Galo na frente do placar, mas, aos 48, Régis empatou para o Tricolor no último lance.

Com o empate, o Bahia segue fora do Z-4, mesmo com um jogo a menos. O Tricolor está na 15ª posição, com 17 pontos conquistados. A equipe volta a campo na próxima quarta-feira (2), para enfrentar o Palmeiras, na Arena Fonte Nova, pela ida das quartas de final da Copa do Brasil.

O JOGO

Logo no primeiro minuto, o Bahia foi para o ataque. Após uma queda de Vinícius na área, a equipe tricolor pediu pênalti, mas a arbitragem mandou seguir.

Aos quatro minutos, o Atlético acabou abrindo o placar. Patric avançou pela direita e cruzou na área procurando Ricardo Oliveira, mas Douglas Grolli cortou parcialmente. Porém, Chará pegou a sobra e ajeitou para Matheus Galdezani, que bate de primeira. A bola ainda desvia na zaga antes de entrar.

Após o gol sofrido, o Bahia foi para o ataque. Aos oito, após escanteio na área, Léo pegou a sobra e chutou forte de fora da área para a grande defesa de Victor.

Aos 13, resposta do Galo: após boa troca de passes, Luan bate cruzado, mas a bola desvia e sai em escanteio.

Aos 22, o Tricolor teve outra chance para empatar. Após cruzamento na área, Vinícius cabeceou fraco, mas exigiu uma boa defesa de Victor. Aos 35, após tabelar com Elton, Bruno cruzou na área e Edigar Junio cabeceou com perigo.

Aos 43, o Bahia tentou novamente. Marco Antônio fez jogada pela esquerda e cruza para Edigar Junio, que chutou em cima da defesa atleticana.

O Atlético ainda teve uma última chance na primeira etapa. Aos 47, Chará faz boa jogada e encontra Galdezani na entrada da área, mas ele acabou batendo por cima do gol.

Segundo tempo

Logo no primeiro minuto, chance tricolor: Marco Antônio recebe na entrada da área e bate para o gol, mas a bola bateu na defesa atleticana. Aos 15, nova chance: Vinícius cobra escanteio na área e Tiaga cabeceia perto do gol.

Aos 17, o capitão do Bahia quase marcou contra: Patric cruzou na área e Tiago tenta cortar, mas a bola vai para trás. Anderson precisou fazer boa defesa.

Aos 20, o técnico Enderson Moreira colocou Régis em campo no lugar de Vinícius. Porém, com poucos segundos em campo, o camisa 20 do Bahia levou cartão amarelo por tentar simular um pênalti.

Aos 32, o Bahia voltou a pedir pênalti após a bola bater no braço de Gabriel dentro da área. Mas o árbitro Wilton Pereira Sampaio mandou seguir.

Após muitas chances, o Bahia finalmente conseguiu empatar aos 38 minutos. Régis cobrou falta rapidamente para Gilberto, que estava impedido. O atacante bateu forte de fora da área e marcou seu quarto gol em quatro jogos com a camisa tricolor.

Quando parecia que a partida iria terminar com empate em 1 a 1, o Atlético-MG voltou a ficar na frente. Aos 46, Chará fez boa jogada individual e encontrou Ricardo Oliveira, que avançou livre e tocou para o gol.

Mas o Bahia teve tempo e conseguiu voltar a empatar o jogo. Aos 48, Léo cobrou lateral na área, a zaga atleticana afastou mal e a bola sobrou para Régis, que dominou e bateu forte da entrada da área, sem chances para Victor.

FICHA TÉCNICA
Bahia 2 x 2  Atlético-MG
Campeonato Brasileiro – 16ª rodada

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 30/07/2018 (Segunda-feira)
Horário: 20h
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva e Bruno Raphael Pires (ambos de Goiás)
Adicionais: Breno Veira Souza e Bruno Rezende Silva (ambos de Goiás)

Cartões amarelos: Bruno, Vinícius, Grolli, Régis (Bahia) / Patric, Victor (Atlético-MG)

Gols: Matheus Galdezani (4/1º), Gilberto (38/2º), Ricardo Oliveira (46/2º) e Régis (48/2º)

Bahia: Anderson; Bruno, Grolli, Tiago e Léo; Elton e Gregore; Marco Antônio (Mena), Vinícius (Régis) e Edigar Junio (Élber); Gilberto. Técnico: Enderson Moreira.

Atlético-MG: Victor; Patric, Gabriel, Iago Maidana e Juninho; José Welison, Elias e Matheus Galdezani (Cazares); Luan (Terans), Chará, e Ricardo Oliveira.Técnico: Thiago Larghi

Comentários
Carregando...