Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

No Pacaembu, Bahia enfrenta o Palmeiras buscando vaga inédita nas semis da Copa do Brasil

Após o empate em 0 a 0 pelo jogo de ida, na Arena Fonte Nova, o Tricolor precisa de um triunfo simples para se classificar

Estádio do Pacaembu (Foto: Divulgação)
36

Nesta quinta-feira (16), às 19h15, o Bahia enfrenta o Palmeiras, no estádio do Pacaembu, pela partida de volta das quartas de final da Copa do Brasil. Após o empate em 0 a 0 pelo jogo de ida, na Arena Fonte Nova, o Tricolor precisa de um triunfo simples para se classificar pela primeira vez na sua história às semifinais da competição nacional.

O meia Vinícius espera conseguir a classificação para fazer história no clube:

Ansiedade bate. Claro que a gente sabe que será um jogo difícil. Sou um cara que as vezes se torna até repetitivo, quando falo em fazer história no clube. Quinta-feira temos grande possibilidade de fazer história. Ir pela primeira vez para uma semifinal de Copa do Brasil. Assim como na Sul-Americana, nunca tinha passado da segunda fase, hoje estamos nas oitavas. Esse grupo está mostrando competência. A gente sabe que será um jogo difícil, que a torcida deles vai comparecer em peso. Mas sabemos também da grandeza do Bahia, do nosso atual time, temos jogadores competentes que podem chegar lá, fazer o melhor e classificar. É isso, procurar fazer história. Tenho certeza que tem grandes chances de acontecer isso. Temos que mentalizar isso, para que a gente possa chegar lá na quinta-feira e se Deus quiser dar tudo certo, e a gente passar de fase

Como não há mais o critério dos gols fora de casa, qualquer empate leva a decisão da vaga à disputa de pênaltis. Porém, o técnico Enderson Moreira nem pensa em um empate. Segundo o treinador, o Tricolor vai jogar de forma ofensiva, buscando um triunfo:

Somos humildes sempre, sabendo que tem um adversário capaz de tirar proveito de qualquer situação. Tem relação com a proposta. Particularmente vou sempre buscar bons resultados, os triunfos e a gente não pode conquistar isso apenas defendendo. Nossa equipe joga buscando o resultado, agora está com posse de bola, controlando o jogo, não foi diferente do jogos que tivemos. Pode acontecer do adversário nos encurralar, mas não é a nossa ideia. A ideia é ser uma equipe ofensiva. O empate não nos garante nada, então a gente precisa jogar para vencer a partida. Acho que a gente se aproxima muito da classificação se a gente mantiver a postura que estamos tendo fora de casa

Para o jogo desta quinta, o Bahia conta com o retorno do lateral-esquerdo Léo, que ficou de fora do jogo de ida por suspensão. O volante Gregore também volta à equipe, após ter ficado de fora do jogo contra o América-MG, também suspenso.

Porém, o Tricolor segue desfalcado do goleiro Douglas, que segue no seu processo de recuperação após sofrer uma luxação no cotovelo. Além dele, o Bahia não conta com o lateral-esquerdo Paulinho e o atacante Clayton, contratados após o fim da janela de inscrições para a Copa do Brasil.

Palmeiras

Jogando em casa, o Palmeiras contará com a presença do técnico Luiz Felipe Scolari, diferentemente do que aconteceu no jogo de ida, quando o time foi comandado interinamente pelo auxiliar Paulo Turra. O lateral-direito Mayke, porém, rechaça o favoritismo da equipe paulista e acredita em um jogo equilibrado:

O Palmeiras não é favorito, fizemos um bom jogo lá e conseguimos ficar com o 0 a 0. O time do Bahia é muito forte, sabemos que vai ser difícil. Jogar no Pacaembu não vai ser difícil porque estamos acostumados a jogar lá, é a casa do Palmeiras também. Lógico que gostaríamos de jogar no Allianz, claro. Vamos fazer de tudo para fazer um bom jogo e ir atrás da classificação

FICHA TÉCNICA
Palmeiras x Bahia
Copa do Brasil – Quartas de final (2º jogo)

Local: Pacaembu, em São Paulo
Data: 16/08/2018
Horário: 19h15
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ) e Bruno Raphael Pires (GO)
Árbitro de vídeo: Braulio da Silva Machado (SC)

Palmeiras: Jailson, Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Moisés; Dudu, Willian e Borja. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Bahia: Anderson; Bruno, Lucas Fonseca, Tiago e Léo; Elton e Gregore; Zé Rafael, Vinícius e Edigar Junio; Gilberto. Técnico: Enderson Moreira.

Comentários
Carregando...