Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Bahia encerra primeira fase do estadual com goleada em cima do Jequié na Fonte Nova

Tricolor fechou a primeira fase em 2º e irá enfrentar o Juazeirense nas semifinais

Júnior Brumado e Zé Rafael comemoram gol na Arena Fonte Nova (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)
52

Na noite desta quarta-feira (7), o Bahia goleou o Jequié por 6 a 1, na Arena Fonte Nova, pela nona e última rodada da primeira fase do Campeonato Baiano. Os gols do Tricolor foram marcados por Zé Rafael, Vinícius (duas vezes), Rodrigo Becão, Nino Paraíba e Júnior Brumado. Marcelo Pano descontou para o Jequié. Com o triunfo, o Bahia chegou aos 20 pontos, e terminou a primeira fase na segunda posição.

O Tricolor irá enfrentar o Juazeirense nas semifinais do estadual. O jogo de ida será no dia 18 de março, em Juazeiro, enquanto que a volta será no dia 25, em Salvador. O Bahia tem a vantagem de dois empates por ter tido a melhor campanha.

O próximo desafio do Tricolor será pela Copa do Nordeste, neste sábado (10), contra o Náutico, no Recife.

O JOGO

Primeiro tempo

O Bahia tem um grande começo na partida e antes dos 10 minutos de jogo, já vencia por 2 a 0.

Logo aos quatro minutos, Vinícius cobrou falta na área, e de cabeça, Zé Rafael abriu o placar para o Tricolor.

Aos seis, João Pedro foi derrubado na área, e o assistente assinalou o pênalti. Vinícius cobrou bem e ampliou para o Bahia.

O Tricolor teve boas chances para ampliar: aos 12, Élber fez jogada individual e tentou o passe. A bola bateu na defesa e sobrou com ele mesmo, que chutou forte para a defesa do goleiro Gustavo. Aos 23, Régis recebeu passe em profundidade, driblou o goleiro, mas bateu mal.

Aos 27, o Bahia chegou ao terceiro: Vinícius cobrou escanteio na área e o zagueiro Rodrigo Becão subiu bem para cabecear e fazer o gol.

Logo depois, o Jequié descontou: aos 29, após cobrança de falta, Marcelo Pano se antecipou e cabeceou sem chances para Douglas.

Aos 37, a equipe do Jequié precisou substituir o seu goleiro. Sentindo muitas dores na coxa, Gustavo foi substituído por Marciel.

Aos 40, o Jequié quase fez o seu segundo. Marcelo Pano cobrou falta que passou perto do gol de Douglas.

Segundo tempo

Aos nove, Élber fez boa jogada pela esquerda e a bola sobrou para Júnior Brumado, que bateu para a defesa de Marciel.

Aos dez, o Jequié tentou chegar com perigo. Marcelo Pano apareceu de frente para o gol e foi derrubado fora da área pelo goleiro Douglas. Porém, a jogada já estava parada, pois o atacante tinha feito falta no zagueiro Rodrigo Becão.

Aos 16, Nino Paraíba fez boa jogada pela direita, cruzou na área e Edson atingiu a trave. Aos 27, Júnior Brumado recebeu na área, driblou e chutou forme, mas a bola foi na trave. No rebote, Nilton bateu de primeira e a bola foi novamente na trave.

Em uma grande atuação, Nino Paraíba acabou marcando o quarto gol tricolor. Aos 27, o lateral recebeu na direita, ajeitou para a esquerda e bateu colocado, no ângulo, sem chances para Marciel.

Aos 35, Vinícius recebeu de Régis e, de primeira, bateu bonito da entrada da área para fazer o seu segundo gol, o quinto do Bahia.

O Tricolor fechou o placar aos 39, Régis tocou para Nino Paraíba, que bateu cruzado. O goleiro Marciel deu rebote e Júnior Brumado aproveitou para concluir e fazer 6 a 1 para o Bahia.

FICHA TÉCNICA
Bahia 6 x 1 Jequié
Campeonato Baiano – 9ª rodada
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 07/03/2018 (domingo)
Horário: 21h45
Árbitro: Emerson Ricardo de Almeida (CBF/Salvador)
Assistentes: Marcos Welb Rocha de Amorim (CBF/Feira de Santana) e Dijalma Silva Ferreira Júnior (CBF/Salvador)

Cartões amarelos: Edson, Douglas (Bahia) / Luiz Fernando, Flávio (Jequié)

Gols: Zé Rafael (4/1º), Vinícius (pênalti) (7/1º), Rodrigo Becão (27/1º), Marcelo Pano (29/1º), Nino Paraíba (27/2º), Vinícius (35/2º) e Júnior Brumado (39/2º)

Bahia: Douglas; João Pedro (Nino Paraíba), Rodrigo Becão, Douglas Grolli e Léo; Edson (Nilton), Vinícius, Zé Rafael (Elton), Élber e Régis; Júnior Brumado. Técnico: Guto Ferreira.

Jequié: Gustavo (Marciel); Flávio, Bremer, Luiz Fernando e Arnold; Diego Teles, Luis Henrique, Gianlucas (Arthur Caculé) e Sertânia (Robert); Peixoto e Marcelo Pano. Técnico: Carlos Rabello.

Comentários
Carregando...