Bahia marca no fim e se despede do Brasileirão com empate fora contra o São Paulo

Jogo entre Bahia e São Paulo, no Morumbi (Foto: Luis Moura/WPP)

Neste domingo (3), Bahia e São Paulo se despediram do Campeonato Brasileiro com um empate em 1 a 1, no estádio do Morumbi, na capital paulista. As duas equipes ainda tinham uma pequena chance de classificação para a Libertadores, mas, com o resultado, ambos os times terão se contentar com a Copa Sul-Americana.

Os dois gols da partida saíram no segundo tempo. Brenner abriu o placar para o São Paulo, aos 18 minutos, mas o Bahia conseguiu o empate no final, com o zagueiro Eder, aos 43. O Esquadrão terminou o Campeonato Brasileiro na 12ª posição, com 50 pontos, mesma pontuação do Tricolor paulista, que ficou em 13º por conta do saldo de gols.

A PARTIDA

O início do jogo começou sem muita emoção. O São Paulo teve uma leve vantagem no início da partida, mas chegou a levar perigo ao gol do Bahia.

A primeira boa chance veio aos 14 minutos. Após escanteio para o São Paulo, Lugano caiu na área após se enroscar com Edson. Mesmo com as reclamações de pênalti, o árbitro deixou seguir.

O Bahia teve uma grande chance aos 31 minutos. Renê Júnior roubou bola no meio campo e lançou para Allione, que invadiu a grande área, deixou o zagueiro Rodrigo Caio no chão e bateu na saída do goleiro Sidão, mas a bola passou à esquerda do gol são paulino.

Segundo tempo

Logo aos dois minutos da segunda etapa, o Bahia teve uma boa chance. Falta cobrada na área e Renê Júnior cabeceou com perigo para a boa defesa de Sidão, que estava bem colocado.

Aos oito minutos, Mendoza se enroscou com a defesa do São Paulo na grande área, mas levantou e conseguiu manter a posse de bola. Ele rolou para a chegada de Régis, que bateu mal e a bola subiu demais.

Logo na sequência, o jovem Shaylon pegou uma sobra na meia lua e bateu no travessão, quase abrindo o placar para o São Paulo. No ataque seguinte do Bahia, Edigar Junio tocou para Allione na esquerda, que chutou colocado, mas a bola raspou a trave de Sidão.

Pouco depois, Brenner invadiu a área e bateu para a defesa tranquila de Jean. Aos 12 minutos, Edson sentiu a coxa e teve que ser substituído por Matheus Sales.

Aos 18 minutos, o São Paulo conseguiu abrir o placar numa jogada pouco usual. O volante Renê Júnior recuou para Jean, que pegou a bola com a mão. O juiz marcou tiro livre indireto dentro dá área no Bahia. Na cobrança, Brenner recebeu a bola rolada e bateu forte para fazer 1 a 0 para o São Paulo.

Mas, aos 43, o Bahia conseguiu empatar a partida. Em cobrança de falta na área, o zagueiro Eder apareceu livre para cabecear e dar números finais ao jogo.

FICHA TÉCNICA
São Paulo 1×1 Bahia
Campeonato Brasileiro – 38ª rodada
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo
Data: 03/12/2017
Horário: 16h (Horário da Bahia)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva e Cristhian Passos Sorence (ambos de GO)
Quarto árbitro: Edson Antonio de Sousa (GO)
Assistentes adicionais: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão e Osimar Moreira da Silva Junior (ambos de GO)
Cartões amarelos: Petros, Brenner, Lugano, Rodrigo Caio (São Paulo) / Eder, Edson, Renê Júnior (Bahia)
Gol: Brenner (São Paulo) / Eder (Bahia)

São Paulo: Sidão; Éder Militão, Lugano, Rodrigo Caio e Edimar; Jucilei e Petros; Shaylon, Marcos Guilherme (Gabriel) e Cueva (Thomaz); Brenner (Bissoli). Técnico: Dorival Junior.

Bahia: Jean; Eder, Tiago, Thiago Martins e Juninho Capixaba; Edson (Matheus Sales), Renê Júnior (Yuri), Allione, Régis (Júnior Brumado) e Mendoza; Edigar Junio. Técnico: Paulo Cézar Carpegiani.

Leia também:
Empresário declara que Eder está deixando o Bahia rumo ao Novorizontino
Santos está interessado em Diego Cerri, mas presidente diz desconhecer negociação
Guilherme Bellintani avalia proposta do São Paulo por Jean: “Ainda não é suficiente”
Lateral-esquerdo Juninho Capixaba é sondado pelo Corinthians