Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Bahia resiste à pressão e vence o Botafogo no jogo de ida das oitavas da Sul-Americana

Bahia tem a vantagem do empate no jogo de volta, que acontece no dia 3 de outubro, no estádio Nilton Santos

Elenco do Bahia comemora gol na Arena Fonte Nova (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)
15

Na noite desta quinta-feira (20), o Bahia venceu o Botafogo por 2 a 1, na Arena Fonte Nova, no jogo de ida das oitavas de final da Copa Sul Americana. Ramires e Clayton marcaram os gols do Tricolor, enquanto que Rodrigo Pimpão descontou para o alvinegro carioca.

Em alguns momentos da partida, o Bahia sofreu pressão do Botafogo, mas conseguiu segurar o triunfo, mesmo após a expulsão do lateral-esquerdo Léo.

Com o triunfo, o Bahia pode jogar pelo empate no jogo de volta, que acontece no dia 3 de outubro, às 21h45, no estádio Nilton Santos. O Tricolor volta a campo na próxima segunda-feira (24), para enfrentar o Vasco, pelo Campeonato Brasileiro, em São Januário.

O JOGO

Primeiro tempo

O Bahia conseguiu abrir o placar logo aos quatro minutos de jogo: Nino Paraíba cruzou na área, a zaga do Botafogo cortou parcialmente e a bola sobrou com Ramires, que bateu de primeira, com a esquerda, sem chances para o jovem goleiro Diego. Primeiro gol de Ramires entre os profissionais!

Porém, o Botafogo cresceu na partida e começou a criar chances: aos 19, Gilson cobrou escanteio na área, Benevenuto desviou de cabeça e Nino Paraíba acabou cabeceando para trás, contra o próprio gol. Douglas fez grande defesa, socando a bola para escanteio.

Aos 22, Luiz Fernando cobrou escanteio para o Botafogo e Brenner desviou de cabeça. A bola passou muito perto do gol.

O Bahia voltou a criar chances aos 33, Ramires bateu para o gol, a bola desviou na defesa, subiu e sobrou para Nino Paraíba, que chutou mal e a bola passou ao lado do gol. No minuto seguinte, Clayton recuperou a bola e tocou para Edigar Junio, que arriscou de fora da área e a bola passou ao lado.

Aos 38, o Bahia teve outra boa chance. Léo cobrou escanteio na área, Clayton cabeceou para baixo e Diego se esticou para evitar o gol.

No fim do primeiro tempo, o Botafogo colocou duas vezes a bola na trave. Aos 39, Igor Rabello deu um grande lançamento para Brenner, que deu um leve toque tirando de Douglas, e a bola foi na trave. Dois minutos depois, Brenner aproveitou a falha da defesa do Bahia, avançou e encontrou Rodrigo Pimpão livre na área. Ele bateu forte, mas a bola deu um toque no travessão e saiu.

Segundo tempo

Aos seis minutos, a primeira chance do Tricolor na segunda etapa: Vinícius cobrou escanteio na área, a bola desviou e sobrou para Douglas Grolli, que de costas, não conseguiu a finalização.

Aos nove, Botafogo no ataque: Luiz Fernando cobrou falta para a grande defesa de Douglas. No minuto seguinte, o time carioca seguiu no ataque e Benevenuto bateu para o gol, a bola passou pelo goleiro do Bahia e ia entrando, mas Lucas Fonseca conseguiu salvar em cima da linha.

Aos 14, o Bahia conseguiu chegar ao segundo gol: Vinícius cobrou escanteio na área, Clayton desviou de cabeça e o goleiro Diego acabou espalmando para dentro do próprio gol. Primeiro gol de Clayton com a camisa do Bahia!

Porém, dois minutos depois, aos 16, o Botafogo diminuiu: Luís Ricardo cruzou na área, a defesa do Bahia tentou o corte, mas a bola sobrou com Luiz Fernando, que tentou uma bicicleta para o gol. A finalização foi fraca, mas Douglas acabou falhando e rebatendo para frente. A bola sobrou com Rodrigo Pimpão, que não desperdiçou.

Após ter falhado no gol botafoguense, Douglas conseguiu se redimir. Aos 22, escanteio para o Botafogo, Benevenuto cabeceou forte, à queima-roupa, e Douglas fez uma defesa incrível. No minuto seguinte, novo cruzamento para cabeçada de Benevenuto e outra boa defesa de Douglas.

Aos 26, em contra-ataque para o Botafogo, Pimpão encontrou Luiz Fernando, que bateu forte, mas Douglas conseguiu espalmar, em mais uma grande defesa.

Aos 30, a situação ficou ruim para o Bahia, quando Léo foi expulso. O lateral teria atingido Luiz Fernando com um tapa no rosto em uma disputa de bola.

Mesmo com um a menos, o Bahia quase fez o terceiro aos 46. Vinícius cobrou falta próxima da área e a bola tirou tinta do travessão botafoguense.

O Botafogo ainda teve uma última chance de empatar, aos 48. Luiz Fernando cobra escanteio na área, Brenner cabeceia para o gol e Douglas defendeu em dois tempos.

FICHA TÉCNICA
Bahia x Botafogo
Copa Sul-Americana – Oitavas de final (1º jogo) 

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 20/09/2018
Horário: 21h45
Árbitro: Piero Maza (CHI)
Assistentes: Christian Schiemann e Cláudio Rios (ambos do Chile)

Cartões amarelos: Gregore, Nino Paraíba (Bahia) / Jean, Gustavo Bochecha e Igor Rabello (Botafogo)

Cartões vermelhos: Léo (Bahia)

Gols: Ramires (4/1º), Clayton (14/2º) e Rodrigo Pimpão (16/2º)

Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Grolli, Lucas Fonseca (Everson) e Léo; Gregore e Elton; Clayton (Júnior Brumado), Ramires e Zé Rafael (Vinícius); Edigar Junio. Técnico: Enderson Moreira.

Botafogo: Diego; Luís Ricardo, Marcelo Benevenuto, Igor Rabello e Gilson; Jean (Aguirre), Rodrigo Lindoso, Gustavo Bochecha e Valencia (Luiz Fernando); Rodrigo Pimpão e Brenner. Técnico: Zé Ricardo.

Comentários
Carregando...