Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Bahia vence Vitória na Fonte Nova e tem vantagem do empate para a grande final do Baiano

Partida decisiva acontece no próximo domingo (8), no Barradão

Edigar Junio comemora gol na Arena Fonte Nova (Foto: Marcelo Malaquias/Divulgação/EC Bahia)
100

Na tarde deste domingo (1º), o Bahia venceu o rival Vitória por 2 a 1, na Arena Fonte Nova, pela primeira partida da final do Campeonato Baiano. Edigar Junio e Vinícius fizeram os gols tricolores; o rubro-negro diminuiu com Luan.

Com isso, o Bahia reverte a vantagem do rival e poderá ser campeão estadual com um empate na partida decisiva, no próximo domingo (8), no Barradão. Por ter feito a melhor campanha na primeira fase, o rubro-negro poderá vencer por apenas um gol de diferença.

Por determinação do Ministério Público da Bahia (MP-BA), as duas partidas da final contam com torcida única. Com isso, apenas os torcedores tricolores estiveram na Arena Fonte Nova neste domingo (1º).

O JOGO

Primeiro tempo

Com três minutos de jogo, o Bahia teve a sua primeira chance na partida. O jovem Marco Antônio fez boa jogada pela esquerda nas costas do lateral Lucas e cruzou na área, mas a defesa do Vitória afastou.

Aos sete, chance para o Vitória: Neilton cobrou escanteio na área e Fillipe Soutto cabeceou no ângulo, mas Douglas fez uma grande defesa de mão trocada.

Muito veloz, Marco Antônio fazia boa partida pelo lado esquerdo do ataque tricolor. Aos 12, ele foi à linha de fundo e bateu rasteiro pro meio. O goleiro Fernando Miguel interceptou o chute e agarrou a bola.

Aos 17, Léo cobrou lateral na área, Fernando Miguel saiu mal de soco e a bola sobrou com Vinícius, mas o meia tricolor pegou mal e chutou por cima.

Aos 18, o Vitória chegou com Jonatas Belusso, que recebeu lançamento e ia passando pela defesa, mas sofreu falta de Tiago, que matou a jogada e recebeu o cartão amarelo.

Aos 23, o zagueiro Tiago vacilou na saída de bola. Neilton roubou a bola e tocou para Jonatas Belusso, mas o atacante do Vitória, após invadir a área, prendeu demais a bola e foi desarmado.

 

A Arena Fonte Nova explodiu de alegria aos 24 minutos do primeiro tempo. Zé Rafael encontrou Vinícius na entrada da área, e o meia deu um lindo passe para Edigar Junio, que tocou na saída de Fernando Miguel e abriu o placar para o Bahia!

Aos 26, o Tricolor quase chegou ao segundo gol. Gregore roubou a bola e tocou para Marco Antônio, que cortou para o meio bateu bonito, mas a bola foi para fora.

Aos 33, Neilton recebeu lançamento e avançou sozinho na direção do gol. Douglas saiu da área para dividir e a bola acaba batendo primeiro no seu peito e depois resvala na sua mão. O árbitro Luiz Flávio de Oliveira marcou falta e, apesar dos pedidos de cartão vermelho dos jogadores do Vitória, ele deu cartão amarelo ao goleiro do Bahia. Na cobrança de falta, Nickson cobrou para a fácil defesa de Douglas.

Aos 46, Marco Antônio recebeu passe, driblou Lucas duas vezes, invadiu a área e cruzou rasteiro. Na cara do gol, Zé Rafael não conseguiu concluir. A bola bateu no seu pé e ficou com Fernando Miguel.

Aos 48, o Vitória tentou o empate. Neilton tocou com Juninho, que tentou o passe para Jonatas Belusso, mas acabou mandando em cima da defesa tricolor.

Segundo tempo

Logo aos cinco minutos da segunda etapa, o árbitro marcou pênalti a favor do Bahia. Vinícius recebeu passe, invadiu a grande área e foi derrubado pelo goleiro Fernando Miguel. Aos oito, o próprio Vinícius foi para a cobrança e bateu forte no meio do gol para fazer o segundo do Bahia!

Porém, a vantagem tricolor diminuiu aos 13 minutos. Neilton tabelou com Juninho, invadiu a área e cruzou para a chegada do jovem Luan, que bateu de primeira no ângulo de Douglas para diminuir para o Vitória.

Aos 23, Vinícius chutou colocado da entrada da área e a bola passou muito perto da trave esquerda do goleiro Fernando Miguel.

Aos 29, Marco Antônio encontrou Edigar Junio, que tocou para Léo dentro da área. O lateral bateu forte, mas Fernando Miguel fez boa defesa com os pés.

Aos 45, o Tricolor teve a sua última chance de aumentar a sua vantagem. Régis lançou João Pedro em cobrança de falta. O lateral cruzou, Fernando Miguel resvalou na bola e ela sobrou com Zé Rafael. Mas o camisa 10 não conseguiu dominar e a bola ficou com o goleiro rubro-negro.

FICHA TÉCNICA
Bahia 2×1 Vitória
Campeonato Baiano 2018 – Final (1º jogo)

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 01/04/2018 (domingo)
Horário: 16h
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (FIFA-SP)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Marcelo Van Gasse (ambos FIFA-SP)

Cartão amarelo: Tiago, Douglas, Lucas Fonseca (Bahia) / Walisson Maia (Vitória)

Gols: Edigar Junio (24/1º), Vinícius (pênalti) (8/2º) e Luan (13/2º).

Bahia: Douglas; João Pedro, Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Elton (Nílton); Marco Antônio (Allione), Gregore, Vinícius (Régis) e Zé Rafael; Edigar Junio. Técnico: Guto Ferreira.

Vitória: Fernando Miguel; Lucas, Ramon, Walisson Maia e Pedro Botelho; Uillian Correia, Juninho (Guilherme Costa), Fillipe Soutto e Nickson (Alex Baumjohann); Neílton e Jonatas Belusso (Luan). Técnico: Anderson Batatais.

Comentários
Carregando...