Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Banido de estádios, corintiano é flagrado em jogo no Sul

0

Banido de estádios, corintiano é flagrado em jogo no Rio Grande do Sul

Torcedor estava proibido de entrar em estádios após se envolver em briga no Mané Garrincha; ele também foi um dos 12 corintianos presos na Bolívia

Menos de dois meses depois de brigar com vascaínos no estádio Mané Garrincha, em Brasília, Leandro Silva de Oliveira está de volta aos estádios. Conhecido como Soldado, o torcedor do Corinthians, que esteve preso na Bolívia acusado pela morte do jovem Kevin Espada – e foi solto por falta de provas -, acompanhou a eliminação do clube alvinegro da Copa do Brasil diante do Grêmio, na última quarta-feira, em Porto Alegre, desrespeitando resolução que o proíbe de entrar nos estádios até o dia 27 de novembro.

Através de vídeos de emissoras de TV, a reportagem identificou Oliveira na arquibancada da Arena Grêmio com a camisa da Gaviões da Fiel, organizada da qual ele é associado e foi suspenso após se envolver na briga com os vascaínos. Próximos a Oliveira estão Wagner da Costa e Rodrigo de Azevedo Fonseca, presidente e vice da facção, respectivamente.

Leandro, em destaque, deveria ficar afastado de estádios por 90 dias

Em 27 de agosto, dois dias depois da briga no Mané Garrincha e de a reportagem ter revelado a participação de Oliveira na confusão, a FPF (Federação Paulista de Futebol) baixou uma resolução proibindo a entrada do torcedor nos estádios paulistas por 90 dias.

O ofício foi encaminhado para as outras 26 federações com a orientação de que Oliveira também fosse proibido de entrar nas arenas dos respectivos Estados. Assim, o torcedor estaria vetado em todos os estádios do Brasil. “Mandamos essa resolução para todas as federações e cada uma tem um procedimento próprio para colocá-la em prática. Não temos como saber se elas vão conseguir ou não impedir a entrada do torcedor nos estádios”, disse o coronel Marcos Marinho, diretor do Departamento de Segurança e Prevenção da FPF.

BELAS DA TORCIDA:

A Bela Tricolor Katiely Kathissumi conta com seu voto

Não deixe de ler:

Barcelona 2 x 1 Real Madrid – Él Clásico – Gols

Confira também:

Liga dos Campeões – Classificação – Tabela e Regulamento

Tabela interativa da Série A com atualização online

Os melhores vídeos – YouTube União Tricolor Bahia

Luiz Fernando Costa, diretor jurídico da Federação Gaúcha de Futebol, se defende alegando que repassa à Brigada Militar e ao Ministério Público a resoluções proibindo a entrada de torcedores e que cabe a esses dois órgãos fiscalizar o ingresso nos estádios do Rio Grande do Sul. “Não tenho como fazer o controle de quem assiste aos jogos, por isso o procedimento é encaminhar a questão à Brigada Militar e ao MP”, explicou.

O delegado Marco Antônio de Almeida, do 5.º DP de Brasília e responsável pela investigação da briga no Mané Garrincha, anunciou em agosto que iria indiciar Oliveira. Por ter infringido o artigo 41 do Estatuto do Torcedor, o torcedor poderia ficar até três anos proibido de entrar nos estádios do País.

Procurado pela reportagem nesta quinta, o delegado disse que não concederia entrevista. A diretoria da Gaviões da Fiel também não se pronunciou sobre a presença de Oliveira na Arena Grêmio vestindo camisa da facção.


Fonte: Estadão Conteúdo – Via Correio

Foto: Reprodução TV Globo

 

Comentários