Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Botafogo e Bahia fazem ‘decisão’ no Maracanã

0

Botafogo e Bahia fazem 'decisão' no Maracanã

No sistema de pontos corridos, a luta contra o rebaixamento também pode ser encarada como uma decisão. É com este espírito que Botafogo e Bahia estão encarando o duelo desta quarta-feira, às 22h(de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Glorioso vem de três derrotas consecutivas, sendo a mais recente por 2 a 0 para o Internacional, e com 22 pontos, aparece apenas um ponto acima da zona de rebaixamento. Por falar em área de queda, é lá que o Tricolor baiano tem perambulado. Com vinte pontos, em penúltimo lugar, a ordem é embalar após a vitória de 3 a 0 sobre o Figueirense, no fim de semana.

O goleiro Jéfferson, um dos líderes do elenco do Botafogo, tem dado, no discurso, o tom com que o time vem encarando a partida desta quarta-feira. Para ele já passou da hora de reagir.

"Faltam dezessete partidas para acabar o Campeonato Brasileiro e precisamos de pelo menos oito vitórias para escaparmos do risco de rebaixamento. Portanto, temos que nir para este jogo contra o Bahia com a faca nos dentes, pois um tropeço em casa pode dificultar bastante o nosso planejamento. Ganhar como anfitrião passou a ser uma obrigação para a nossa equipe, pois temos jogadores e técnico para isso", disse Jéfferson.

Os baianos também tratam a partida desta quarta-feira como uma final de campeonato. Pelo menos é o que procura deixar claro o técnico Gilson Kleina.

"É um jogo com cara de decisão, um confronto direto. Se ganharmos, passamos eles na tabela de classificação e ganhamos ainda mais confiança para a sequência do trabalho. Se perdermos, a cobrança volta e a caminhada recomeça do primeiro ponto. Portanto, não dá para não dar a este confronto um tratamento que não seja de decisivo", analisou Kleina.

Ciente da responsabilidade e do espírito decisivo do jogo, o Botafogo prega a tranquilidade como triunfo para somar três preciosos pontos.

"Precisamos de calma e tranuilidade. O Vagner Mancini tem nos orientado a não se deixar levar pelo momento ou pelos maus resultados e essa dica precisa ser seguida à risca contra o Bahia, que vem ao Rio de Janeiro para jogar no nosso erro", disse o zagueiro Bolívar.

O Botafogo tem reforços para este jogo. Liberado de dores na perna direita, o lateral direito Edilson ocupa a vaga do zagueiro Dankler, que jogou improvisado no setor. Na esquerda, Julior Cesar cede o posto para Junior Cesar, que não foi ao Sul por estar resolvendo problemas particulares. Os volantes Aírton, que cumpriu suspensão, e Mario Bolatti, que não enfrentou o Inter por questões contratuais, voltam nas vagas de Rodrigo Souto e Wallyson, respecticamente. No ataque, recuperado de uma amigdalite, Emerson Sheik entra no lugar de Pablo Zeballos.

Para este jogo o Bahia vai poder contar com o retorno do zagueiro Titi e do volante Fahel, que cumpriram suspensão contra o Figueirense. Porém, a satisfação foi tão grande com o rendimento contra os catarinenses, que o time de domingo será mantido.

No primeiro turno do Campeonato Brasileiro as duas equipes se enfrentaram na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA). Naquela ocasião, em um jogo tecnicamente fraco, o Bahia ganhou por 1 a 0, com um gol do argentino Max Biancucchi no segundo tempo.

Botafogo x Bahia

Campeonato Brasileiro 2014 – Série A – 22ª Rodada

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 17 de setembro de 2014 (Quarta-feira)

Horário: 22h (de Brasília)

Árbitro: Igor Junio Benevenuto (MG)

Assistentes: Márcio Eustaquio Santiago (Fifa-MG) e Guilherme Dias Camilo (MG)

Botafogo: Jéfferson, Edilson, Bolívar, André Bahia e Junior Cesar; Aírton, Gabriel, Mario Bolatti e Cachito Ramirez; Rogério e Emerson Sheik

Técnico: Vagner Mancini

Bahia: Marcelo Lomba, Railan, Demerson, Lucas Fonseca e Guilherme Santos; Uelliton, Rafael Miranda, Léo Gago e Emanuel; Rafinha e Kieza

Técnico: Gilson Kleina

Comentários