Carlão critica fujões

Novo gestor da base do Bahia critica atletas que estão deixando o clube

“Ele não valoriza o clube que lhe deu a primeira oportunidade". Foi com essas palavras que o novo gestor das Divisões de Base do Bahia, Carlos Anunciação, criticou a atitude dos atletas Alef, Ítalo Melo, Maracás e Guilherme, que procuraram a Justiça para ganharem o direito de deixar o Tricolor. Os atletas alegam atrasos do pagamento dos seus FGTS para buscarem as rescisões de seus contratos.

"Um dos motivos de eu iniciar o trabalho e dar continuidade ao trabalho bem feito por Mota, diga-se de passagem, foi a garantia da diretoria de que estão sendo resolvidas essas questões. Mas, se isso acontecer, vamos trabalhar e valorizar o atleta que faz questão de vestir a camisa do Bahia. Quando o atleta escolhe sair do clube é porque ele não ama o clube", completou.

Sobre a saída dos treinadores Gilmey Aimberê e Passarinho, Carlão garantiu que não teve influência sua. "Não cheguei nem no Fazendão, como coloquei os caras para fora? Foi uma posição da diretoria, pois a situação do Bahia hoje requer mudanças. Gosto muito do Gilmey e do Passarinho e no futuro posso até trazê-los para trabalhar comigo, mas não tive relação com isso".

O ex-coordenador de peneiras e olheiro do Vitória ainda destacou suas características e revelou nomes conhecidos do futebol baiano que farão parte da sua equipe de trabalho. "Sou de pegada, vou até a raíz. estou com um planejamento para buscar jogadores do Brasil todo. Espero estar no clube na quinta-feira com minha equipe, formada pelos competentíssimos Charles, Nelsinho Gois e Paulo Sales".

Por fim, Carlão agradeceu ao Leão pelos anos de trabalho na Toca. "Agradeço ao Alexi Portela, Epifânio Carneiro, João Paulo pela oportunidade de ter trabalhado no Vitória e conquistado títulos. Agora, vou vestir a camisa do Bahia".

Fonte: Redação Galáticos Online

Foto: Ibirataia Notícias