Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Com gols no segundo tempo, Bahia vence Sport e sobe na classificação do Brasileiro

Com gols de Gilberto e Tiago, Tricolor subiu para a 9ª posição do campeonato, com 28 pontos

Ramires em jogo do Bahia contra o Sport (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)
26

Na noite desta quarta-feira (5), o Bahia venceu o Sport por 2 a 0, na Arena Fonte Nova, em jogo válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Após um primeiro tempo fraco, que terminou com vaias da torcida, o Esquadrão voltou melhor na segunda etapa, e conseguiu o triunfo com gols de Gilberto e Tiago.

Com o triunfo, o Bahia chegou aos 28 pontos e está na 9ª posição do Campeonato Brasileiro, abrindo cinco pontos da zona de rebaixamento. Enquanto isso, o Sport segue no Z-4, com 23 pontos, na 17ª colocação.

O Tricolor volta a campo no próximo sábado (8), às 19h, contra o São Paulo, no Morumbi, pela 24ª rodada do Brasileirão.

O JOGO

Primeiro tempo

O Bahia teve os desfalques do lateral-esquerdo Léo e do meia Vinícius, poupados por conta do cansaço muscular. Para os seus lugares, o técnico Enderson Moreira escalou, respectivamente, Paulinho e o jovem Ramires, que estreou com a camisa tricolor. Dúvida durante toda a semana por conta de uma conjuntivite, o atacante Gilberto foi a campo mesmo assim.

As duas equipes começaram o jogo lentamente, trocando passes no meio de campo e se estudando bastante, sem tentar jogadas mais ofensivas.

Aos três minutos, o Bahia chegou pela primeira vez: Elton arriscou de fora da área e a bola passou perto da trave direita do goleiro Magrão.

O Sport respondeu aos dez e quase aconteceu a famosa “lei do ex”: revelado no Tricolor, o meia Gabriel recebeu passe, invadiu a área e bateu forte. Douglas conseguiu defender, mas se enrolou e a bola passou por baixo dele. Porém, a bola acabou saindo pela linha de fundo, próximo a trave.

Aos 21, um chutão do goleiro Douglas rendeu um ataque para o Tricolor: Zé Rafael recebeu, invadiu a área, mas bateu fraco, para a fácil defesa de Magrão.

Aos 23, resposta do Sport: em contra-ataque da equipe pernambucana, Cláudio Winck aproveitou a falha da defesa e avançou livre. Douglas saiu do gol para tentar o corte, e após a dividida, a bola ia sobrando com Andrigo, que teria o gol vazio a sua frente, mas Nino Paraíba conseguiu chegar antes e cortar.

O Bahia errava muitos passes e dava brechas na marcação. Com isso, o Sport aproveitou essas falhas e criou chances perigosas. Além disso, a equipe rubro-negra não dava espaços ao Tricolor e marcava implacavelmente Zé Rafael, que fazia jogo discreto.

Aos 39, a principal chance do Tricolor na primeira etapa: Gilberto fez o pivô, Zé Rafael tocou para Marco Antônio, que deu bom passe para Ramires, na esquerda da área. O jovem estreante balançou para tirar da marcação e chutou forte, mas a bola carimbou a trave.

Aos 46, o Sport fez boa jogada de linha de fundo com Cláudio Winck, mas Nino Paraíba conseguiu cortar.

Com o fim do primeiro tempo, a torcida do Bahia vaiou o time.

Segundo tempo

O Bahia voltou melhor para a segunda etapa e aos seis, teve a primeira chance: em escanteio, Marco Antônio cruzou na área, mas Gilberto não conseguiu desviar para o gol. A bola bateu no camisa 9 e saiu pela linha de fundo.

O Bahia conseguiu abrir o placar aos sete minutos: após dividida no meio campo, a bola sobrou para Gregore, que deu uma linda arrancada, passou por Sander e Durval, invadiu a área, e apenas rolou para Gilberto, livre, empurrar para as redes. Bahia 1×0!

Logo depois, aos nove, o Tricolor quase fez o segundo gol: após falha de Magrão, que saiu jogando errado, a bola sobrou com Marco Antônio, que avançou pela esquerda e cruzou na área. O zagueiro Ronaldo Alves conseguiu cortar, mas a bola voltou para Marco Antônio, que bateu para o gol sem goleiro, mas o zagueiro do Sport conseguiu afastar.

Aos 11, mais uma chance do Bahia: Marco Antônio tabelou com Ramires, recebeu e chutou em cima da defesa. No minuto seguinte, após cruzamento de Nino Paraíba, Gilberto recebeu na área e bateu para o gol. A bola desviou na defesa e saiu.

Aos 25, Gilberto puxou o contra-ataque para o Tricolor deu bom passe em profundidade para Zé Rafael, mas Magrão do gol na hora certa e conseguiu evitar o domínio do camisa 10. Dois minutos depois, Ramires cruzou na área, Gilberto desviou de cabeça e Zé Rafael bateu para fora.

Aos 38, em falta perigosa a favor do Tricolor, Clayton cobrou bem e obrigou Magrão a fazer grande defesa, mandando para escanteio.

Aos 39, o Bahia matou o jogo e fez o segundo gol. Após boa jogada de Gilberto, Everson fez boa jogada pela esquerda, foi até a linha de fundo e cruzou para Tiago, livre, apenas empurrar para o gol!

O Tricolor ainda fez o terceiro, aos 46, mas foi anulado: Zé Rafael cruzou e Everson apareceu na cara do gol, mas a bola acabou batendo na sua mão. A bola sobrou para Clayton empurrar para as redes, mas a jogada já estava parada.

FICHA TÉCNICA
Bahia 2×0 Sport
Campeonato Brasileiro – 23ª rodada 

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 05/09/2018 (quarta-feira)
Horário: 19h30
Árbitro: Marcelo Aparecido Souza (SP)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Anderson José de Moraes Coelho (ambos de SP)
Adicionais: Diego da Silva e Eduardo de Santana Nunes (ambos de SP)

Cartões amarelos: Zé Rafael (Bahia) / Ronaldo Alves (Sport)

Gols: Gilberto (7/2º), Tiago (39/2º)

Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Tiago e Paulinho (Everson); Gregore e Elton; Ramires (Flávio), Marco Antônio (Clayton) e Zé Rafael; Gilberto. Técnico: Enderson Moreira.

Sport: Magrão; Ernando, Durval e Ronaldo Alves; Cláudio Winck (Rafael Marques), Deivid (Matheus Gonçalves), Neto Moura (Fellipe Bastos), Sander; Andrigo, Gabriel e Rogério. Técnico: Eduardo Baptista.

Comentários
Carregando...