Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Com um a mais, Bahia faz gol no último lance e empata com o Botafogo

Tricolor segue como vice-lanterna da competição, com nove pontos em 11 rodadas

Élber em jogo do Bahia contra o Botafogo (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)
32

Na tarde deste domingo (10), o Bahia empatou em 3 a 3 com o Botafogo, na Arena Fonte Nova, em jogo válido pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o empate, o Tricolor segue na penúltima posição da competição, com nove pontos conquistados.

Nesta quarta-feira (13), o Bahia faz a última partida antes da parada para a Copa do Mundo. O Tricolor recebe o Corinthians, na Arena Fonte Nova.

O JOGO

Primeiro tempo

O Bahia tentou ir ao ataque no início da partida, mas não conseguiu criar boas chances e ameaçar o goleiro Jefferson.

Enquanto isso, quando o Botafogo chegou, conseguiu abrir o placar. Aos 12, após cruzamento de Marcinho, Tiago afastou mal e a bola sobrou para Rodrigo Lindoso. Livre na pequena área, o jogador rolou para Kieza empurrar para as redes. Ex-jogador do Bahia, o K9 não comemorou seu gol.

Aos 27, o Tricolor quase conseguiu o empate. Elton lançou Kayke, que cruzou à meia altura na área para Élber, que bateu de primeira, para grande defesa de Jefferson.

Aos 31, Régis apareceu livre na área, e tentou cruzamento rasteiro, mas a defesa botafoguense conseguiu o corte.

Aos 38, Élber fez grande jogada pela esquerda e bateu para a defesa de Jefferson. No rebote, Régis bateu forte, mas a bola desviou na defesa e foi para escanteio.

Aos 45, Kayke recebeu em liberdade e tocou para Zé Rafael, que bateu forte, para grande defesa de Jefferson, que mandou para escanteio. Na cobrança, o árbitro viu pênalti de Aguirre em cima de Lucas Fonseca. O uruguaio levou o segundo cartão amarelo e foi expulso da partida. Aos 47, Régis cobrou o pênalti, sem chances para Jefferson e empatou o jogo para o Bahia.

Segundo tempo

Aos três, Nino Paraíba cruzou na área e o zagueiro Marcelo Benevenuto cabeceou para trás e quase fez gol contra.

Porém, no lance seguinte, aos seis, o Botafogo conseguiu desempatar a partida: Leo Valencia recebeu na direita e cruzou para Kieza cabecear bem e fazer seu segundo na partida. Botafogo 2 a 1.

Atrás novamente no placar, o Bahia foi para cima: Léo cruzou para Gregore, que dominou na área e bateu por baixo da marcação. Jefferson fez mais uma grande defesa.

O Bahia conseguiu empatar novamente aos 27: após erro na saída de bola botafoguense, Élber roubou a bola, avançou pela direita e rolou para trás, para a chegada de Vinícius, que bateu forte para o gol.

Aos 32, boa chance para o Tricolor: Élber recebeu na direita e cruzou para Kayke, que fez o pivô e rolou para Gregore, que bateu forte, para mais uma defesa de Jefferson.

Só que aos 38 minutos, o alvinegro carioca ficou mais uma vez à frente do placar: Leo Valencia cobrou falta no ângulo do goleiro Douglas, que não conseguiu alcançar.

Quando parecia que o Tricolor iria engatar sua quarta derrota consecutiva, veio o gol salvador no final. Aos 48, Nino Paraíba cruzou da direita e Allione cabeceou sem chances para Jefferson.

FICHA TÉCNICA
Bahia x Botafogo
Campeonato Brasileiro – 11ª rodada

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 10/06/2018 (domingo)
Horário: 16h
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)
Assistentes: Daniel Luis Marques e Daniel Paulo Ziolli (ambos de SP)
Adicionais: Ilbert Estevam da Silva e Douglas Marques das Flores (ambos de SP)
Cartões amarelos: Régis, Élber, Kayke, Nino Paraíba e Lucas Fonseca (Bahia) / Aguirre (2x), Moisés, Jefferson e Leo Valencia (Botafogo)
Cartões vermelhos: Aguirre (46/1º)

Gols: Kieza (12/1º e 6/2º), Régis (47/1º), Vinícius (27/2º), Leo Valencia (38/2º) e Allione (48/2º)

Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Elton (Vinícius), Gregore (Geovane Itinga) e Régis (Allione); Élber e Zé Rafael; Kayke. Técnico: Cláudio Prates.

Botafogo: Jefferson; Marcinho, Marcelo Benevenuto, Igor Rabello e Moisés; Rodrigo Lindoso (Marcelo), Matheus Fernandes e Leo Valencia; Aguirre, Rodrigo Pimpão (Luiz Fernando) e Kieza (Brenner). Técnico: Alberto Valentim.

Comentários
Carregando...