Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Com um a menos, Flu de Feira marca no finalzinho e garante empate; Resumão da Partida

Bahia empata com o Flu de Feira

Éder marca gol para visitantes e Rogério empata para o Touro do Sertão; Flu sofre com lesões no primeiro tempo e tem Eduardo expulso no início da etapa final

Luta até o fim

O triunfo e a liderança do Campeonato Baiano escaparam pelos dedos do Bahia na noite desta quarta-feira. Com um a mais desde o início do segundo tempo, o Tricolor controlou a partida com a marcha reduzida, mas não evitou o empate em 1 a 1 com o Fluminense de Feira, com gol nos acréscimos do segundo tempo. Éder, pelo Tricolor da capital baiana, e Rogério, pelo Touro do Sertão, marcaram os gols da partida, que contou com 5.654 pagantes, para uma renda de R$ 171.830,00.

O Primeiro Tempo

O triunfo valia o topo da tabela. E Bahia e Fluminense de Feira não mediram esforços para assumir a primeira colocação do Campeonato Baiano. Nos primeiros minutos, os dois times se alternaram em oportunidades criadas. O Tricolor de Salvador chegou a marcar com Gustavo, mas o auxiliar apontou impedimento na jogada. Jorge Wagner chegou a atingir a trave da meta defendida por Anderson. Aos 30 minutos, Éder abriu o placar. O lateral-direito aproveitou cobrança de Juninho e precisou finalizar duas vezes para balançar as redes. Em desvantagem no marcador, o Touro do Sertão foi obrigado a fazer as três mudanças em apenas 15 minutos. Guto, Alexandre e Igor se machucaram e foram substituídos por Rogério, Alessandro Azevedo e Rafhael.


O Segundo Tempo

Antes de poder esboçar qualquer reação, o Fluminense de Feira recebeu uma ducha de água fria. Com dois minutos de segundo tempo, Eduardo foi expulso após levantar demais o pé e atingir o rosto de Juninho Capixaba. Com vantagem numérica em campo, Guto Ferreira pediu para o Bahia tocar a bola. E a decisão do treinador deixou a partida morna. O Touro do Sertão chegou a marcar com Luiz Paulo, mas o auxiliar apontou impedimento na jogada. E de tanto cozinhar a partida em banho-maria, o Bahia acabou punido. Nos acréscimos, após bate-rebate na área, Rogério finalizou de cabeça e empatou o placar em 1 a 1.


Sofrimento e Superação

O Flu de Feira passou por uma verdadeira superação na noite desta quarta. Logo no primeiro tempo, a equipe de Feira de Santana teve três jogadores machucados. Sem mais poder fazer substituições na etapa final, o Touro do Sertão ainda perdeu Eduardo expulso aos dois minutos. Mas nada que alterasse a garra e a vontade do Flu que buscou o gol até o fim.

Reclamação

Os jogadores do Bahia deixaram o campo do Joia da Princesa na bronca. O auxiliar apontou impedimento na jogada que originou o gol do Fluminense de Feira. O árbitro Diego Pombo Lopez ignorou a marcação e apontou escanteio. Na sequência, o Touro chegou ao empate.

Tabela de Classificação

Com o empate nesta noite, Flu de Feira e Bahia mantiveram a posição na tabela de classificação do Bahia. A equipe de Salvador está em segundo lugar e o Touro do Sertão em terceiro, ambos com 11 pontos. O Tricolor leva vantagem no saldo de gols.

Próximos Jogos

O Bahia volta a jogar no sábado, às 16h30 (horário de Brasília), quando encara o Paraná no estádio Durival de Britto, em Curitiba, pela segunda fase da Copa do Brasil. O Fluminense enfrenta o Juazeirense no dia 5 de março, às 16h, no Adauto Moraes, em Juazeiro, pela sétima rodada do Campeonato Baiano.

Ficha Técnica

Bahia empata com o Flu de Feira - Ficha Técnica
Bahia empata com o Flu de Feira – Ficha Técnica

Campeonato Baiano – 6ª rodada
Local: Joia da Princesa, em Feira de Santana
Data: 22/02/2017
Horário: 21h45
Árbitro: Diego Pombo Lopez (BA)
Assistentes: Paulo de Tarso Bregalda Gussen e Cláudio Antônio Dias Aragão (BA)
Gol: Éder
Cartão Amarelo: Guto
Cartão Vermelho: Eduardo

Fluminense de Feira: Jair; Jarbas, Igor (Rafhael), Eduardo e Deca; Alexandre (Alessandro Azevedo), Guto (Rogério); Jorge Wagner e Fernando Sobral; Luiz Paulo e Janeudo. Técnico: Arnaldo Lira

Bahia: Anderson; Éder, Rodrigo Becão, Lucas Fonseca e Juninho Capixaba; Matheus Sales, Juninho, Renato Cajá (Marco Antônio) e Diego Rosa (Mário); Zé Rafael (Kaynan) e Gustavo. Técnico: Guto Ferreira.

Fonte: Ge.com

Comentários
Carregando...