Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Confira a situação dos jogadores emprestados pelo Bahia

41

Veja a situação de jogadores cedidos pelo Bahia para disputar temporada por outros clubes; Hayner, Douglas Pires, Jacó e Luisinho integram lista

No futebol, nada mais natural que o empréstimo de jogadores. Para os clubes, uma medida normalmente usada para manter atletas em atividade quando eles não vêm sendo aproveitados. Quanto aos jogadores, a mudança de ares aparece como chance de poder jogar regularmente, ganhar experiência e, quem sabe, voltar fortalecido para a equipe de origem.

No caso do Bahia, são sete os jogadores que chegaram a atuar na equipe titular e foram emprestados para outros clubes nesta temporada: o lateral-direito Hayner (Náutico), o goleiro Douglas Pires (Fortaleza), o zagueiro Robson (Esteghlal, do Irã) e os atacantes Luisinho (Al-Faisaly, da Arábia Saudita), Jeam (Cuiabá), João Paulo Penha (Fortaleza) e Jacó (Fluminense de Feira). Deste grupo, somente os dois que estão fora do Brasil são titulares. Quanto aos demais, a maioria teve poucas oportunidades e encerrou sua passagem sem muito brilho nos novos times. Confira abaixo como foi o desempenho desses atletas.

HAYNER

Hayner é reserva no Náutico (Foto: Reprodução)
Hayner é reserva no Náutico (Foto: Reprodução)

Emprestado ao Náutico até o fim da temporada, o lateral-direito Hayner não teve muitas oportunidades no Timbu. Relacionado para nove partidas, ele entrou em campo em apenas uma delas, contra o Sampaio Corrêa, e somente por 45 minutos. Neste jogo, Hayner não atuou em sua posição original, mas como ponta direita.

Com a saída do técnico Alexandre Gallo, demitido logo após a derrota para o Sampaio Corrêa, Hayner perdeu ainda mais espaço no Náutico. Ao chegar ao Timbu, o novo treinador, Givanildo Oliveira, deu preferência a Joazi, prata da casa, e Walber, que trabalhou com ele no América-MG. A última vez que o lateral foi relacionado foi no jogo final do Náutico contra o Oeste. O vínculo dele com o Bahia vai até o fim de 2017.

DOUGLAS PIRES

Douglas Pires foi emprestado ao Fortaleza (Foto: Reprodução / Instagram)
Douglas Pires foi emprestado ao Fortaleza (Foto: Reprodução / Instagram)

Titular na temporada passada, Douglas Pires perdeu espaço com a chegada de Marcelo Lomba (que hoje não está mais no Bahia) e, na reserva do Tricolor, foi emprestado para o Fortaleza para a disputa da Série C do Campeonato Brasileiro. No Leão do Pici, ele foi relacionado para seis jogos, mas só esteve em campo em um deles, contra o Botafogo-PR. Como a temporada já acabou para a equipe cearense, o goleiro retorna ao Bahia. Ele tem contrato com o Esquadrão até o fim de 2017.

JOÃO PAULO PENHA

João Paulo foi titular em uma partida pelo Fortaleza (Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia)
João Paulo foi titular em uma partida pelo Fortaleza (Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia)

Dos jogadores emprestados pelo Bahia, João Paulo Penha, que tem contrato com o Tricolor até maio de 2017, foi um dos que tiveram mais oportunidades de entrar em campo. No início do ano, ele foi emprestado para o CSA, onde disputou 14 partidas, marcou dois gols e foi um dos destaques da campanha que resultou no vice-campeonato estadual. O clube alagoano até tinha interesse em manter o jogador, mas a negociação não avançou.

No retorno a Salvador, João Paulo Penha foi bem nos treinamentos, ganhou uma nova chance quando Doriva ainda era o técnico tricolor, mas não conseguiu engrenar. Emprestado novamente, desta vez para o Fortaleza, o atleta foi relacionado para nove partidas, sendo titular em apenas uma e não marcou gols. Com o término da Série C, ele entra de férias e só volta a atuar no próximo ano.

LUISINHO

Luisinho é titular no Al-Faisaly (Foto: Reprodução / Instagram)
Luisinho é titular no Al-Faisaly (Foto: Reprodução / Instagram)

Titular no início da temporada, Luisinho não conseguiu se firmar no Tricolor durante a Série B do Brasileiro e foi emprestado para o Al-Faisaly, clube da Arábia Saudita, no final de setembro. Na Arábia, o jogador tem sido titular e, até aqui, disputou seis partidas e marcou um gol. Após marcar pela primeira vez no novo clube, Luisinho postou uma mensagem em uma rede social.

– Foi tão bom ter tido dificuldades, ter persistido, ter sofrido, ter sido machucado, ter sido maltratado e ter recebido tantos NÃO [sic]. Com certeza eu sofreria tudo de novo para estar aqui. Obrigado DEUS – disse Luisinho em uma rede social.

Emprestado até junho de 2017, Luisinho tem contrato com o Tricolor até dezembro da próxima temporada.

ROBSON

Robson está no Esteghlal, do Irã (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)
Robson está no Esteghlal, do Irã (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)

Com contrato com o Bahia até o fim de 2017, o zagueiro Robson passa pela segunda experiência internacional da carreira. Emprestado para o Kawasaki Frontale, do Japão, em 2013, ainda quando integrava o elenco sub-20 do Bahia, o defensor está agora no Esteghlal, do Irã. No novo clube, o zagueiro tem conseguido jogar e foi titular em nove jogos. Robson deixou o Bahia em julho com vínculo de empréstimo até junho de 2017.

 

JACÓ

Jacó disputou a Copa Governador do Estado pelo Flu (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)
Jacó disputou a Copa Governador do Estado pelo Flu (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)

Com vínculo com o Bahia até dezembro de 2018, o atacante Jacó, de 20 anos, foi emprestado duas vezes em 2016. Na primeira, foi cedido para o Cuiabá no mês de julho, mas se machucou e voltou para o Bahia.

Em setembro, Jacó foi emprestado novamente, desta vez para o Fluminense de Feira, para participar da Copa Governador do Estado. No Flu, o jovem atacante entrou em campo em três partidas, sendo titular em uma. Jacó não marcou gols na equipe de Feira de Santana e se machucou na reta final da competição. Ele não esteve em campo nas semifinais da Copa, quando o Touro do Sertão foi eliminado pelo Jacobina.

JEAM

Jeam e Jacó foram emprestados para o Cuiabá (Foto: Pedro Lima/Cuiabá EC)
Jeam e Jacó foram emprestados para o Cuiabá (Foto: Pedro Lima/Cuiabá EC)

O atacante Jeam, de 22 anos, passou dois empréstimos sem muito brilho em 2016. Em fevereiro, ele foi cedido ao Capivariano-SP para a disputa da Série A1 do Campeonato Paulista. Na ocasião, Jeam foi relacionado para dez partidas, disputou cinco jogos, sendo que dois deles como titular. Nesta passagem, ele marcou um gol.

Depois do Paulista, Jeam retornou ao Bahia e, em julho, juntamente com Jacó, foi emprestado para o Cuiabá para a disputa da Série C do Campeonato Brasileiro. No Dourado, o atacante foi relacionado para um jogo, mas não chegou a entrar em campo.

Fonte: Globo Esporte

Comentários
Carregando...