CR7 e Bale destroem e Real Madrid massacra o Sevilla

Com resposta a Blatter de Cristiano Ronaldo e show de Bale, Real Madrid atropela o Sevilla

Gareth Bale jamais esquecerá a estreia como titular no Santiago Bernabéu. Na noite desta quarta-feira, o galês marcou dois gols, deu duas assistências, viu o companheiro de time Cristiano Ronaldo responder ao presidente da Fifa, Joseph Blatter, e ajudou o Real Madrid a vencer de uma maneira convincente após a derrota no Superclássico contra o Barcelona: placar de 7 a 3 sobre o Sevilla, em um confronto 'maluco' proporcionado pelos dois times e válido pela 11ª rodada do Campeonato Espanhol.

O resultado positivo conquistado quatro dias após o revés por 2 a 1 para o Barcelona impediu o Real Madrid de ver a desvantagem em relação ao arquirrival aumentar. A equipe comandada por Carlo Ancelotti, que volta a campo no sábado, às 17h (de Brasília), para encarar o Rayo Vallecano, soma agora 25 pontos, seis a menos do que os catalães. O Sevilla, que recebe o Celta no mesmo dia, mas às 19h, permanece com 13.

O jogo

Em sua estreia como titular no Santiago Bernabéu, Gareth Bale precisou de menos de meia hora para encantar a torcida do Real Madrid. Aos 14min, um golaço: o galês recebeu cruzamento de Karim Benzema, ajeitou para a perna esquerda e disparou um forte chute no ângulo, sem chances para o goleiro Beto. Gol para aliviar a pressão sobre o jogador mais caro da história.

O tento de abertura do marcador permitiu a Bale atuar muito mais solto. Sem a responsabilidade pelas atuações discretas dos últimos duelos, o camisa 11 contou até com o retorno da ‘sorte'. Aos 27min, o meia-atacante cobrou falta, viu a bola desviar na barreira e enganar o goleiro do Sevilla. Terceiro tento do milionário atleta galês com a camisa do Real Madrid.

O time da casa seguiu em ritmo forte. Marcando no campo ofensivo, o Real Madrid alcançou o terceiro gol aos 32 minutos. Depois de bobeira da defesa do time andaluz, Isco invadiu a área e caiu reclamando de pênalti. O lance duvidoso acabou assinalado pela arbitragem. Cristiano Ronaldo cobrou forte e aproveitou o momento para ‘homenagear' Joseph Blatter na comemoração – o português bateu continência para o presidente da Fifa, que criticou a postura do camisa 7 em entrevista recente.

Cristiano Ronaldo 'homenageou' Blatter na comemoração

Cristiano Ronaldo 'homenageou' Blatter na comemoração

Vamos votar:

A maior Torcida do Nordeste

A BELA Tricolor Katiely Kathissumi precisa do seu voto

Não deixe de ler:

MGF x Sidônio: Mais um enfadonho 'bate-boca'

Confira também:

Liga dos Campeões – Classificação – Tabela e Regulamento

Tabela interativa da Série A com atualização online

Os melhores vídeos – YouTube União Tricolor Bahia

Os três gols desconcentraram o Real Madrid dentro do campo. O efeito negativo imediato serviu para o Sevilla crescer em campo e reagir antes do intervalo. Aos 38min, depois de outro pênalti duvidoso assinalado pela arbitragem, Ivan Rakitic cobrou forte e superou Diego López. Dois minutos depois, Caros Bacca marcou o segundo dos visitantes.

O intervalo serviu para o Real Madrid se organizar e novamente se tranquilizar dentro de campo. Decisivo, Gareth Bale, após dois gols, decidiu assumir o papel de ‘garçom' no Santiago Bernabéu. Aos 8min, o galês, em jogada pela direita, cruzou na medida para Benzema balançar a rede. Aos 15min, em nova ação pelo setor, o camisa 11 deu o passe para Cristiano Ronaldo marcar.

O movimentado jogo no Bernabéu, contudo, não havia ‘terminado'. Ousado, o Sevilla mostrou maior agressividade e descontou de novo aos 18min, quando Rakitic acertou um lindo chute da entrada da área de canhota e encobriu Diego López. O tento novamente acordou o Real Madrid, que marcou o sexto tento aos 26min, novamente com Cristiano Ronaldo.

Antes do final do jogo, mais dois lances envolvendo o Sevilla protagonizaram o duelo ‘maluco' no Santiago Bernabéu. Aos 29min, Cristiano Ronaldo cometeu pênalti (muito contestado). Ivan Rakitic, entretanto, chutou sobre o gol de Diego López. Dois minutos depois, Stephane M'Bia foi expulso após ser acusado de dar uma cotovelada em Luka Modric. Benzema, aos 34min, anotou o sétimo.


Real Madrid 7 x 3 Sevilla – 11ª rodada do Campeonato Espanhol.


Local: Estadio Santiago Bernabéu – Madrid

Árbitro: José Teixeira‎

Gols: Gareth Bale, 14'/1T, 27'/1T;  Cristiano Ronaldo, 32'/1T, 60'/2T, 71'/2T; Benzema, 53'/2T, 80'/2T;  Rakitic, 38'/1T, 63'/2T; Bacca, 40'/1T

Cartões Amarelos: Sergio Ramos,  Arbeloa e Khedira (Real Madrid);  Moreno, M'bia e Perotti (Sevilla)

Cartões Vermelhos: M'bia

Real Madrid: Diego López, Arbeloa, Varane, Sergio Ramos e Marcelo; Khedira (Di María, 82'/2T), Illarramendi (Xabi Alonso, 64'/2T), Bale, Isco ( Modric, 71'/2T) e Cristiano Ronaldo; Benzema. Técnico: Carlo Ancelotti

Sevilla: Beto, Figueiras, Daniel Carriço, Pareja, Navarro; M'bia, Rakitic, Jairo ( Perotti, 62'/2T), Vitolo ( Reyes, 83'/2T), Moreno; Bacca ( Gameiro, 62'/2T). Técnico: Unai Emery.


Fonte: ESPN

Foto: Getty

Via: Lucas Pepe