Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

E a nossa situação?

4

E a nossa situação?

Somos todos torcedores do Esporte Clube Bahia. Somos todos irmãos no sangue tricolor. Somos os que realmente amam o esquadrão, aqueles que acompanham seus jogos, e que independente de resultados continuamos amando… Idolatrando nosso clube! Acompanhando nossas cores!

Percebam… Trocamos de parceiros (as), de amigos (as) e por aí se vai… Mas dificilmente troca-se de time… Salvo raríssimas exceções.

A nossa torcida é aquela que vibra! É aquela que vai! Que arrasta o amigo para ir!

É uma torcida tão inflamada e tão apaixonada, que é facilmente acariciada pelas pequenas coisas que podem ser desenvolvidas!

Sim! De tão inflamados e apaixonados que somos, ficamos felizes quando o gringo veste nossa camisa, ou até mesmo quando eles, vestindo nossas camisas, cantam nosso hino, com seu sotaque carregado e seu sorriso nos rostos!

Ficamos Felizes! Felizes porque estamos  ¨aparecendo¨ para o mundo! O mundo nos vendo!  O mundo cantando (?) conosco!

Cantando? Vibrando? Conosco? Com a gente? Será??

Somos torcedores. Somos inflamados como tantos outros que conhecemos. Amamos o Bahia, como tantos outros amam.

Mas… Não somos facilmente  ¨acariciados¨ por estes acontecimentos.

E não estamos dizendo que não achamos legal! Até achamos! Vale a pena para tirar um  ¨sarro¨ daquele amigo torcedor do Vice, e tal e coisa…

MAS a realidade é dura… Colocar gringo para cantar hino e vestir camisa não faz a bola do Bahia entrar nas redes adversárias. Mais ainda: Não faz também (E não fez até agora) com que o Bahia deslanche e conquiste pontos importantes e necessários no futebol.

Não fez, e vou me atrever a dizer, que não fará. E não é porque não acredite no Bahia. É porque simplesmente gringo cantando hino e vestindo nossa camisa não empurra bola para o gol! E não defende chute ou cabeçada de atacante adversário.

Ou alguém nos prove o contrário.

Estamos aqui falando como torcedor. E como torcedor continuamos falando.

E mais: Porque essa bola não entra?  Ah, alguns vão dizer: Técnico? E outros responderão: Sem qualidade no plantel não há técnico que dê jeito! E aí vamos concordar com o seguinte… Nosso plantel é limitadíssimo… Basicamente montou-se algo limitado. E quem montou? Foi você, torcedor? Porque sinceramente, nós não fomos.

Logo… Nos  deixem afirmar categoricamente o seguinte: Tem culpa todo mundo, não tem culpa você, amigo torcedor, que nos lê neste momento. A não ser que você tenha ajudado na formação do plantel… Sendo assim… Tem responsabilidade. Se não ajudou… Se não estava lá… Estamos na mesma situação.

Não temos culpa! Não temos culpa de estarmos na posição em que estamos, mas temos a obrigação de cobrar, para não ver as coisas piorarem! Afinal, amamos nosso clube!

É indiscutível que o Esporte Clube Bahia deu um salto evolutivo em seu processo eleitoral! Mas não se pode fazer deste objetivo alcançado um troféu a ser idolatrado! Temos agora de pensar maior, de pensar de forma mais ampla!

E aí cabe perguntar: Cadê o gerenciamento do planejamento efetuado para 2014? Porque vejam, prezados leitores: Se houve planejamento, basta que se contingenciem as diversas situações, e vamos em frente. É esperar. Mas, como diz a música: Esperar não é fazer. Ou é…? Nem sabemos… Talvez estejamos ficando velhos, e daí, talvez, fazer algo seja esperar… Ah… Né não!

Não podemos esperar mais. Não podemos aguardar mais.

Não estamos aqui para tumultuar. Longe disso. Estamos aqui para buscar ¨movimentar¨ o Bahia rumo a um futuro melhor. Assim…

1-  Alguém tem de explicar ao técnico que torcedor do Bahia é um dos mais fanáticos do mundo. Tem de explicar ao rapaz que é necessário que ele assista alguns jogos anteriores à sua chegada no Bahia, para que possa entender que existem jogadores que não podem estar no banco. Pará pode ser banco nesse time? Fale aí torcedor? E olha que estamos pegando apenas um como exemplo, porque como disse: não queremos tumultuar!

2- A diretoria do Bahia precisa qualificar o elenco. Apoiamos nossos jogadores e cobramos deles ao menos garra. Mas eles também precisam ser ajudados. E ajuda vem com contratação. Logo, vamos ajudar o elenco, melhorando-o. É necessário fazer isso sim. Agora… É necessário que isso seja feito de forma sensata. Trazer jogador que acha o clube uma M…. ou que agradece por estar de folga enquanto outros estão jogando… Pode isso? Deixamos a pergunta para que você mesmo que lê se questione… E você mesmo responda.

3-  Queremos garra e vontade dos jogadores! Ao menos isso!

4-    Ainda ontem conversávamos com amigos pelo twitter, e temos um receio: Todo jogo nosso paredão fica  ¨correndo risco¨ de ser ¨herói¨ do jogo. Isso é PREOCUPANTE. Para nós, significa que os adversários estão chegando fácil demais. E olha que isso é antigo…

5-  Voltamos a frisar: Pessoalmente, nada temos contra jogadores, técnico ou diretoria do Bahia. Pessoalmente nada. Mas, enquanto trabalharem para o esquadrão devem ser cobrados. Com inteligência, sem beligerância, mas devem ser cobrados sim. E é o que fazemos agora. Assim sendo… Exigimos resultado. Faz parte da democracia.

6- Jogador do Bahia tem de entender que muitas vezes, ali no estádio, tem gente que deixa de comprar algo para dentro de sua casa apenas para ver o BAHÊA jogar. Então… Joguem. Orgulhem o torcedor.

Em suma: Precisamos qualificar o elenco. MAS acreditamos no elenco do Bahia. Queremos garra, vontade, e um time armado para vencer! É pedir demais? Que coloquem os melhores de nosso elenco, e que armem o time para tentar vencer?.

Podemos perder. Podemos empatar. O que não podemos é ser  ¨sparring¨ o tempo todo.

Quem não ¨agride¨ é agredido.  Tem de agredir. E agredir no bom sentido.

TEM DE ATACAR. Precisamos que nossos jogadores entendam o seguinte: Sabemos de nossas limitações. Lógico que sabemos. Sabemos que o plantel reduzido gera sobrecarga para alguns. Lógico que sabemos.

Mas… Aquele que não consegue ultrapassar seus limites, não vai longe. Vamos ultrapassar nossos limites!

Ah… De novo… Precisamos contratar. Com cautela, verdade, pois não temos grana para jogar pela janela. Mas ter cautela não é ser lento. Não é esperar que as coisas caiam do céu!

Figurinha de álbum não vence jogo.

Vence jogo é vontade, tática, treinamento, padrão e PLANEJAMENTO! PLANEJAR O CLUBE COMO UMA EMPRESA, COM O OBJETIVO DE VENCER!

AFINAL, NASCEMOS PARA ISSO!

Comentários
Carregando...