Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Enderson Moreira admite que Bahia fez partida tecnicamente ruim contra Atlético-MG

Tricolor encerrou sequência invicta de três partidas em derrota por 1 a 0 para a equipe mineira no último sábado (17)

Enderson Moreira concede entrevista coletiva (Foto: Divulgação/EC Bahia)
31

Neste sábado (17), o Bahia perdeu por 1 a 0 para o Atlético-MG, no estádio Independência, pelo Campeonato Brasileiro. O técnico Enderson Moreira concedeu entrevista após a partida, que encerrou uma sequência de três jogos de invencibilidade na competição nacional e acabou com o sonho do Tricolor de conseguir a classificação para a Libertadores.

Enderson Moreira admitiu que o Bahia não jogou bem contra o Atlético-MG. O treinador lamentou não poder contar com o lateral-esquerdo Léo e o meia Zé Rafael, poupados por conta do desgaste. Ele, porém, declarou que os problemas não foram táticos, e sim técnicos:

Difícil falar assim sobre uma ou outra coisa. Pegamos um adversário qualificado, tentamos bloquear. Acho que tecnicamente fomos muito mal, não tem relação com questão tática. Fizemos um jogo ruim, acontece. Tivemos uma equipe diferente, não tivemos nem como treinar. O jogo de quarta exigiu demais do lado físico e emocional. Hoje não fizemos um jogo qualificado, o Atlético-MG mereceu esses três pontos.

Mesmo não tendo mais chances de alcançar o G-6 do Campeonato Brasileiro. Enderson Moreira declarou que o Bahia vai disputar os últimos três jogos da competição para conquistar o máximo de pontos possíveis. O técnico quer que a equipe termine a temporada em alta:

Nosso objetivo é buscar três pontos, a melhor classificação possível. Não temos mais chance de briga por pré-Libertadores. Vamos tentar disputar o máximo de pontos possível para terminar bem a temporada. A nossa equipe teve boas atuações, um ou outro jogo escapa mesmo, não conseguimos fazer o que temos na cabeça. Vamos tentar fazer a maior pontuação possível no final.

O Tricolor volta a campo na próxima quinta-feira (22), quando enfrenta o Fluminense, na Arena Fonte Nova. Zé Rafael deverá voltar a ficar à disposição, mas Enderson Moreira não poderá contar com Léo, por questões contratuais. O técnico também revelou que Gregore e Edigar Junio também não estão garantidos no próximo jogo:

Mesmo se jogássemos hoje com cinco atacantes… Tecnicamente fomos mal. Tem que reconhecer. Quando não consegue fazer uma partida qualificada, cria problemas. Conclui pouco, não chega ao ataque com velocidade. Hoje foi um dia atípico. A sequência é difícil. A gente não tem como treinar. Léo não se recuperou fisicamente, Zé não conseguiu a qualificação, Grolli teve uma pancada na cabeça, Nino fora. O Ramires não conseguiu jogar pela sequência de jogos que teve, mas, mesmo assim, conseguiu fazer alguma coisa. São muitas coisas. Edigar tem um problema muscular, Gregore também. Gilberto voltando. Vai reunindo muitas coisas. Não tivemos semanas abertas no ano. Não tivemos como treinar no ano. Tivemos três ou quatro semanas em que pudemos nos preparar. Muitas mexidas, porque tivemos que mexer. Tecnicamente um jogo abaixo, ruim. Quando faz um jogo como esse, não tem nem como argumentar muito. É entender e se preparar para a próxima partida.

Confira o que Enderson Moreira declarou em entrevista coletiva

Avaliação da partida
– Acho que tivemos um jogo abaixo do que conseguimos fazer. Tivemos uma sequência complicada, o jogo de quarta foi desgastante, não pudemos contar com jogadores importantes que vinham jogando. O Atlético-MG foi mais competente, fez um primeiro tempo qualificado. Foi um primeiro tempo abaixo do que podemos fazer.

Desatenção no gol do Atlético-MG
– Acho que uma parte, sim. Mérito do Atlético, que bateu rápido. A gente sempre fala para ter alguém na bola. Mas eles tiveram a competência de bater rápido. Praticamente não teve jogo no segundo tempo. Quando expulsam um jogador adversário, muda o tipo de arbitragem. Qualquer defesa do goleiro vira atendimento. É o futebol brasileiro, a gente também acaba fazendo isso. A gente tem que pedir para a arbitragem continuar normalmente. Mas não tem que justificar em relação ao que deixamos de fazer.

Renovação para 2019
– A gente nem conversou sobre nada. Já tenho previsto uma renovação. É a gente sentar e confirmar isso e começar a preparar alguma ciosa para 2019. A gente está com foco nesses três jogos. Mas um clube como o Bahia tem que pensar para frente. Tem dado passos consistentes em termos de organização e pode fazer um 2019 ainda melhor, principalmente nas competições nacionais. Pode almejar coisas maiores na próxima temporada.

Desempenho no Bahia
– O aproveitamento não é bom. A gente queria entregar mais. No campeonato, temos uma pontuação menor do que aquilo que construímos. Em muitos jogos, diferentemente de hoje, merecemos resultados melhores. Atuações de equipe equilibrada, competitiva, que tecnicamente tem um padrão interessante. Faz parte. Futebol é assim, é apaixonante por isso. Espero permanecer na próxima temporada e entregar para o torcedor coisas ainda maiores. Temos expectativa de uma boa temporada, que poderia ser ainda melhor.

Comentários
Carregando...