Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Enderson Moreira diz que é preciso ser agressivo para avançar na Copa do Brasil

Nesta quinta-feira (16), o Bahia enfrenta o Palmeiras, no Pacaembu, pelo jogo de volta das quartas de final da competição

Enderson Moreira comanda treino do Bahia no Fazendão (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)
46

Na noite desta terça-feira (14), o técnico Enderson Moreira respondeu perguntas de torcedores do Bahia no programa de rádio do clube. E o principal assunto não poderia ser outro: a partida decisiva pelas quartas de final da Copa do Brasil, que acontece nesta quinta-feira (16), contra o Palmeiras, em São Paulo.

Na sabatina, Enderson Moreira falou sobre que o Bahia precisa fazer para vencer a equipe paulista fora de casa e garantir vaga nas semifinais da Copa do Brasil. Segundo o técnico, o Tricolor precisa marcar forte sem a bola e de posse dela, ser agressivo.

Nossa primeira partida aqui na Fonte Nova foi ótima, duas equipes que brigaram muito pelo controle da partida. Respeito muito a equipe do Palmeiras, muito poderosa em termos de torcida, financeiro, poder contratar o jogador que tem em mente. Mas estou muito esperançoso com nossa equipe. Tenho uma ideia muito forte da gente conseguir a classificação se a gente fizer um jogo como fizemos na Fonte nova. Defender quando não tem a bola e atacar quando tem. Não podemos abrir mão disso. Esse é o caminho para conquistar a classificação e os triunfos que temos buscado

O treinador ainda completou:

A gente também tem que entender que de alguma forma a gente precisa manter uma ofensividade. A equipe tem mantido um bom equilíbrio. Estamos defendendo bem, atacando com qualidade. São opões que passam pela nossa cabeça, estudamos muito o adversário. Sou um treinador que gosta de jogar para frente, de forma ofensiva, para poder vencer os jogos. Acho que a gente tem tudo para fazer uma grande partida. Vai ser um jogo muito disputado. Espero que a gente, acima de tudo, tenha competência. Que a gente possa entregar tudo dentro de campo para que o torcedor tenha cada dia mais orgulho. Que a gente possa terminar o ano com coisas muito positivas para comemorar.

Enderson Moreira também explicou os motivos do seu início de trabalho no Bahia não ter sido tão bom. O treinador apontou o desgaste físico e a pressão sobre os atletas como alguns desses fatores:

Claro que quando a gente chega no clube esse primeiro momento é complicado. Os atletas estavam em processo desgastante de jogos decisivos, sempre com muita pressão, tendo que vencer jogos onde a possibilidade de erro era mínima. Foi um momento complicado. Cheguei no olho do furacão, sem tempo para treinar e tendo que fazer algumas coisas. Fui conhecendo os atletas, passando a forma que achava interessante de jogar. Eles compraram a ideia, colocaram em prática. A partir do jogo contra a Chapecoense tivemos uma postura diferente, o time colocou em campo o que tinha passado. A partir daquele momento tivemos atuações consistentes, um time que joga para vencer, marca bem, tem posse de bola, é agressivo, busca o resultado. Mesmo que o resultado tenha escapado em algum momento, a gente nunca deixou de acreditar, competir e lutar para trazer triunfo para os torcedores.

O confronto entre Palmeiras e Bahia acontece às 19h15 desta quinta-feira, no Pacaembu. O jogo de ida terminou empatado em 0 a 0. Quem vencer o jogo de volta, se garante nas semifinais. Como não existe mais o critério do gol fora de casa, qualquer empate leva a decisão para os pênaltis.

Palmeiras e Bahia se enfrentam às 19h15 (horário de Brasília). O Tricolor defende uma invencibilidade que já dura oito partidas.

Comentários
Carregando...