Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Enderson Moreira diz que não dá para iludir o torcedor sobre chances de Libertadores

Tricolor venceu a Chapecoense e está apenas a seis pontos do Atlético-MG, clube que abre a zona de classificação para o torneio continental

Enderson Moreira concede entrevista coletiva (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)

Neste domingo (4), o Bahia venceu a Chapecoense por 1 a 0, na Arena Fonte Nova, pelo Campeonato Brasileiro. O técnico Enderson Moreira concedeu entrevista coletiva após a partida e falou sobre a situação atual do Tricolor na competição nacional. Após o triunfo, a equipe abriu seis pontos da zona de rebaixamento e corre cada vez menos risco de cair para a Série B.

No início do jogo deste domingo, o Bahia criou boas oportunidades para abrir o placar, mas as desperdiçou, principalmente com Edigar Junio. Enderson Moreira admitiu que o Tricolor perdeu boas chances para abrir o placar, mas falou sobre a dificuldade da partida:

Não é nossa equipe que tem dificuldade. Qualquer equipe no Brasil que jogue contra uma equipe recuada tem dificuldade. Hoje tivemos boas oportunidades de sair na frente do placar logo no início. A gente não pode achar que nossos atletas são máquinas e vão trabalhar no melhor rendimento possível em todos os jogos. A gente sabia que era um jogo difícil. Importantíssimos os três pontos. Não nos garante absolutamente nada, vamos continuar com os pés no chão. A gente sabe o que nos espera pela frente.

Com o Bahia praticamente livre da ameaça de rebaixamento, a equipe pode começar a pensar em objetivos maiores. O Tricolor está a seis pontos do Atlético-MG, que abre a zona de classificação para a Libertadores. Enderson Moreira, porém, mantém os pés no chão:

Sinceramente, acho que a gente tem um primeiro compromisso que é sair lá de trás. Seis pontos é vantagem, mas não é vantagem determinante. A gente precisa continuar firme. Não gosto de pensar duelo que não posso controlar. Se tivesse uma distância que tivesse controle sobre meus confrontos… Atlético-MG está com 46. Não dá para ficar iludindo o torcedor. Vamos trabalhar para ter a melhor pontuação. Uma coisa de cada vez.

O Bahia volta a jogar no próximo domingo (11), às 16h (horário de Salvador), quando enfrenta o rival Vitória, no Barradão. O treinador tricolor falou sobre como deverá ser a preparação para o clássico:

Semana nossa é principalmente de recuperar nossos atletas. Nosso pensamento é recuperar completamente nossos atletas. Se seguro qualquer atleta, poderia passar imagem que estava poupando. A gente não poupa jogador nenhum. A gente tem tentando de todas as maneiras fazer algumas mexidas quando percebe que o atleta está decaindo muito. A gente respeita muito nosso rival e sabe muito bem a dificuldade de jogar lá. Vamos nos preparar da melhor forma. Que a gente possa passar uma imagem para todo mundo que o jogo tem que ser feito dento de campo. Queremos que possa ser uma partida limpa, bem jogada e que o melhor possa conquistar o triunfo

Após o triunfo, o Bahia subiu para a 11ª posição do Campeonato Brasileiro, com 40 pontos conquistados.

Confira o que Enderson Moreira falou em entrevista coletiva

Substituição de Lucas Fonseca
– Ele não conseguiu voltar no segundo tempo. Você acha que qualquer treinador mexe no zagueiro se ele não tiver nenhum problema? Ele infelizmente não conseguiu voltar em função do desgaste.

Fim do tabu contra a Chapecoense
– É uma situação que a gente está acostumado, acontece em outros lugares. Queria deixar claro que a sequência de bons resultados não entra em campo. Sabe quantos jogos o Bahia ganhou da Chapecoense? Nada do que aconteceu no passado vai influenciar no domingo. É um jogo extremamente difícil. Temos um adversário que pode nos vencer, assim como nós podemos vencer lá.

Homenagem do Bahia ao Novembro Negro
– Têm coisas que são muito positivas. O que me entristece ainda hoje é a gente ter o tipo de comportamento de voltar atrás para poder recuperar uma situação que é terrível para nós. Acima de tudo, temos que respeitar sempre os seres humanos, independente de cor, de raça, condição social, sexo, de qualquer forma. Acho que tem que respeitar o ser humano acima de tudo. É uma homenagem que a gente não pode esquecer o que esse povo sofreu e continua sofrendo. Os negros conseguiram fazer coisas que a gente não tem a mínima ideia. O que a gente espera para o país, em um futuro breve, é que a gente possa não discutir mais sobre essas coisas, que as coisas possam ser de uma maneira natural. Acho que é uma homenagem fantástica.

Comentários
Carregando...