Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Enderson Moreira confirma força máxima contra o Botafogo e fala sobre chances de escalar Ramires

Segundo treinador, jovem meia de 18 anos é concorrente fortíssimo pela titularidade no jogo desta quinta-feira (20)

Enderson Moreira concede entrevista coletiva (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)
45

Na tarde desta quarta-feira (19), o técnico Enderson Moreira concedeu entrevista coletiva no Fazendão. O treinador falou que o meia Ramires, de apenas 18 anos, é um “candidato fortíssimo” para começar jogando no próximo jogo do Bahia, que enfrenta o Botafogo na próxima quinta-feira (20), às 21h45, na Arena Fonte Nova, jogo de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana.

O jovem jogador fez apenas duas partidas como profissional, mas se destacou no triunfo sobre o Sport, e deu assistência para o gol de Gilberto no empate contra o Palmeiras. Com isso, Ramires já virou um favorito da torcida e Enderson Moreira falou sobre uma provável escalação do garoto em um jogo de mata-mata:

Acho que ele tem a cada dia dado sinais de consciência de qualidade. Aquilo que a gente observava ele tem mostrado numa forma natural. Não tem um peso. É isso que credencia a jogar na equipe principal: quando não sente a diferença. A gente tem percebido isso, é importante, ele está bem. O grupo deu todo o apoio para ele desenvolver o seu jogo. É um concorrente fortíssimo para iniciar a partida

Apesar da maratona de jogos do Bahia nos últimos meses, Enderson Moreira confirmou que vai usar força máxima no jogo contra o Botafogo, por conta da possibilidade de um título internacional:

A gente vai com o que tem de melhor. O que pode tirar do jogo é se não tiver condições de jogo. Competição importante para a gente, possibilidade de uma conquista internacional. A gente vai com o que tem de melhor. A única coisa que tira é se não tiver condições [físicas]

Enderson completou:

A gente passou por um momento difícil de jogos em sequência. Semana passada de treino foi muito positiva. A gente conseguiu resgatar alguns conceitos, fizemos um bom jogo contra o Palmeiras. Nossa equipe está bem preparada para essa fase. É difícil, não tenha dúvida disso, mas contamos com a ajuda do nosso torcedor. Eles têm entendido que a equipe tem uma proposta dentro de campo e de alguma forma vamos buscar com toda a força.
Bahia e Botafogo se enfrentam às 21h45 (horário de Brasília).

Confira o que Enderson Moreira falou em entrevista coletiva

Lamentar desfalques?
Eu sinceramente iniciei meu trabalho no futebol e coloquei na minha cabeça para não justificar ausências. Isso nunca foi o meu perfil. Os jogadores trabalham diariamente pela oportunidade… A ausência de um é a oportunidade para outro. Não sou muito de lamentar essas coisas. Só lamento porque são importantes para o grupo, mas são cosias que acontecem.

Má fase de Zé Rafael
Acho que o Zé não precisa provar nada para ninguém. Se dedica muito, é importante. Como todo atleta, pode ser que o jogo não encaixe muito. A gente nunca sabe quando vai jogar bem. As vezes o jogo não flui muito. Ele tem condições de fazer jogos melhores. Mesmo assim, nos jogos que não foi bem, teve consistência. É um jogador importante e o torcedor respeita. É um ser humano e nunca vai consegui fazer tudo sempre muito bem.

Avaliação do trabalho
Essas três messes foram meses que pareciam muito mais. A sequência de jogos, pressão de resultado… e isso não vai ser diferente. Vai ser uma briga porque o campeonato está muito igual. Praticamente 12 equipes vão brigar muito por uma Sul-Americana, uma possibilidade de pré-libertadores. Vai está muito próximo [as equipes na tabela], qualquer sequência de resultado positivo ela pode se destacar muito, assim como resultados negativos podem colocar lá em baixo. Um campeonato difícil, emocionante e a gente está se preparando para esse momento. Como todo trabalho, algumas coisas boas, a gente conseguiu dar uma ideia daquilo que penso. A gente só consegue implantar de fato quando fica mais tempo no clube. O time tem pecado as vezes por não transformar as boas atuações em triunfos. Isso é marcante e frustrante para nós. Estou muito feliz no Bahia e espero que possa entregar para o nosso torcedor aquilo que ele espera nesses próximos três meses. O Bahia é um dos clubes que pode surpreender esses gigantes do Sul-Sudeste. O Bahia é um clube estruturado, diretoria com o pensamento muito adiante. Uma comissão técnica competente… o Diego que é gestor tem uma competência enorme. Tem um ambiente muito favorável para o Bahia, num futuro próximo, colher furtos maravilhosos. Não foi à toa que abri mão onde eu estava para ficar aqui. Uma visão muito clara da onde esse clube pode chegar ainda esse ano e nos próximos.

200 jogos de Lucas Fonseca
Lucas, nós temos que enaltecer a questão dos 200 jogos. Não é muito fácil. É um jogador que desempenha muito bem a função, entende o que tenho colocado para eles, é um dos principais construtores da nossa equipe. As nossas jogadas passam muito pelos pés dele. Parabéns para ele e que possa aumentar ainda mais essa marca.

Trabalho de Zé Ricardo no Botafogo
Não é muito a ideia do Zé [Ricardo, técnico do Botafogo]. Ele vem com algumas precauções que são normais. Um time mais atrás no começo, mas vai buscar o resultado. A gente está preparado para essas situações. O que a gente tem conseguido aí, semana passada principalmente, é para ter esse tipo de postura com o adversário. Talvez o adversário possa jogar mais atrás e a gente tenha que jogar de uma maneira diferente.

Comentários
Carregando...