Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Reconhecendo dificuldade contra o Paraná, Enderson Moreira parabeniza elenco pelo triunfo

Bahia venceu o Paraná por 2 a 0, com dois gols no fim da partida marcados por Vinícius

Enderson Moreira em campo pelo Bahia (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)
8

Neste sábado (13), o Bahia venceu o Paraná por 2 a 0, em Pituaçu, pelo Campeonato Brasileiro. O técnico Enderson Moreira concedeu entrevista coletiva após a partida e reconheceu que o triunfo não foi nada fácil. Mesmo com o estádio lotado, com cerca de 30 mil torcedores, e enfrentando o lanterna da competição, que não vencia há 14 jogos, o Tricolor só conseguiu furar o bloqueio paranista e abrir o placar aos 39 minutos do segundo tempo.

Enderson Moreira, mostrando o alívio após o triunfo, declarou que já imaginava encontrar este nível de dificuldade contra o Paraná. O treinador falou sobre a postura da equipe adversária e da necessidade do Tricolor conquistar os três pontos, o que deu uma certa tensão à partida:

Eu estou no futebol há vinte anos. Isso se repete muitas vezes. O jogo é complicado, não é fácil vencer um jogo na Série A, Série B, em qualquer série. O adversário veio com a proposta que teve, atendimentos com o goleiro, por diversas vezes… Os caras vieram para não jogar. O torcedor nos incentivando, nos apoiando, a gente querendo o triunfo… Torna um jogo tenso. Buscamos tranquilidade para buscar o resultado que dava para buscar.

Enderson Moreira fez, aos 25 minutos do segundo tempo, uma substituição que foi fundamental para o resultado, colocando Vinícius, o autor dos dois gols. O treinador enalteceu o elenco e falou sobre como, apesar das mudanças, consegue seguir com um padrão de jogo:

A gente fala com os nossos atletas para que a gente possa ter um plano de jogo, uma ideia clara. E, a cada dia, eles têm entendido melhor isso. Isso nos dá a possibilidade de fazer as mudanças. A gente prepara muito os jogadores que não estão jogando muito, treina muito na ideia de jogo, formatação da equipe. Em todos os treinamentos, eu estou presente, para poder estar ali na frente, falando, organizando, mostrando como é. Principalmente, preparando para esses momentos. Tenho uma atenção principalmente com quem não está jogando muito, a gente concentra os trabalhos, porque a gente sabe que a qualquer momento eles vão precisar dar uma resposta, como têm dado aí.

Porém, o treinador reconheceu que a zona de rebaixamento ainda assusta. O Tricolor, agora, começa a focar na partida contra o Botafogo, no próximo sábado (20), no Rio de Janeiro, pela 30ª rodada do Brasileiro. Enderson Moreira quer que o Bahia mantenha a pegada nos próximos jogos, para seguir conquistando bons resultados:

Não tem refresco. A gente está no período que é uma sucessão de jogos decisivos. A gente precisa de todas as formas manter nossa organização, manter o time com boas atuações e buscar o resultado. Temos criado situações para vencer fora de casa, e a gente precisa estar bem preparado para esses confrontos

Confira o que Enderson Moreira falou em entrevista coletiva

Pituaçu
– É um ambiente diferente da Arena Fonte Nova. Mas também é um ambiente muito agradável. O torcedor compareceu, vibrou e fez uma festa linda. Foi uma energia a mais para a gente, mesmo nos momentos de dificuldade. A gente não pode escolher. É difícil escolher. Mas são dois estádios, são duas casas do Bahia, onde o Bahia se sente muito bem.

Desempenho durante o jogo
– Eu acho que, no primeiro tempo, o Bahia teve duas ou três oportunidades. Eram chances claras trabalhadas, boas, que a gente poderia ter aberto o placar. Tivemos que ter tranquilidade, depois chutão, de qualquer forma… Não era bem assim. Voltamos abafando, criando boas situações, mesmo assim com o jogo picotado.

Importância dos três pontos
– Sempre jogos difíceis A equipe tem jogado bem, todos têm acompanhado. Fizemos jogos complicados, difíceis. A gente esteve muito perto de poder vencer e temos que saber que é um campeonato equilibrado. Estamos perto do Corinthians agora. Ninguém pode vacilar, de fazer uma partida relaxada. Nos tiraram a possibilidade de vencer no sul. Nos tiraram. A gente não perdeu a cabeça, continuamos fazendo o que sabemos fazer, e hoje tivemos que buscar alternativas para fazer o gol. Uma bola parada que o Vinicius treina muito. Ele está sempre ali treinando. Estamos felizes pelo resultado, pela nossa torcida, que jogou junto. Teve paciência. Foi importante os três pontos para dar uma sequência fora de casa.

Nilton no banco
– Opção mais tática mesmo. A gente imaginava que a equipe do Paraná tivesse esse tipo de comportamento de jogar recuado, jogar atrás. A gente precisava de um jogador talvez com uma dinâmica de jogo maior. E o Flávio tem essa característica de se aproximar mais do terço final do campo, de dar boa intensidade ali. E a gente foi com esse pensamento. Para esse jogo era, talvez, a opção do Flávio, que tem um andamento maior em termos de proximidade do último terço.

Comentários
Carregando...