Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

‘Evolução’: Jogadores parabenizam ousadia de Kleina

3

Jogadores parabenizam ousadia de Kleina e falam de evolução no Bahia

Diego Macedo e Rafael Miranda falaram sobre o uso de quatro laterais em campo, em diferentes funções

Desde que chegou ao Bahia, o técnico Gilson Kleina mostrou disposição e uma boa dose de ousadia. Sem medo de errar em um momento delicado do time baiano, o treinador tem feito algumas apostas, como o de usar quatro laterais de origem em campo – todos ao mesmo tempo. As mudanças estão acontecendo e, na noite da última quinta (5), os torcedores deixaram a Arena Fonte Nova com alívio e alegria estampados no rosto.

O Tricolor empatou com o Internacional em 1 a 1 e passou para as oitavas de final da Copa Sul-Americana. Agora, aguarda o duelo entre Universidad César Vallejo, do Peru, e Universitário de Sucre, da Bolívia, para conhecer seu próximo adversário.

Além dos torcedores, os atletas do Bahia também estão animados com a pequena melhora. "Está sendo maravilhoso, estou gostando muito desse estilo. Kleina me deu um voto de confiança e a equipe toda tem se ajudado muito. Acho que ele (técnico) soube estudar como cada um já jogava e ousou mesmo", disse Diego Macedo.

"Kleina já sabia como eu jogava, ele sabia que eu sou ofensivo, assim como o Guilherme Santos. Ele foi muito inteligente de usar a gente, porque tem dado muito certo. Nosso único objetivo é tirar o Bahia dessa situação e dar esse título inédito da Sul-Americana", completou o lateral.

Quem também aprovou a atitude do técnico foi o volante Rafael Miranda que, junto com Fahel e Léo Gago, se arriscou mais em direção ao ataque e mostrou uma postura mais ofensiva no duelo diante do Colorado. "Kleina está colocando o estilo dele de jogar. Enxerguei uma diferença já. Claro que tem muita coisa a melhorar, mas estamos mais ofensivos e tivemos uma postura legal nesse jogo (contra o Internacional)", comentou.

"Independente da função principal de cada um, o importante é desempenhar o papel bem. Deu certo essa ideia de colocar Guilherme e Diego Macedo à frente dos laterais, quase como um atacante. Não podemos nos prender a origem, temos que jogar. Se o técnico enxergar que temos condição de desempenhar outra função, por que não fazer? Achei muito legal essa percepção do técnico", completou o atleta.

O próximo duelo do Bahia será às 18h30 deste domingo (7), na Arena Fonte Nova, diante do Coritiba. O jogo terá portões fechados e não será aberto ao público. O tricolor cumpre punição por conta de uma superlotação no estádio Joia da Princesa, quando o time baiano enfrentou o Santos.

Comentários
Carregando...