Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Fala, Professor! Sérgio Soares: O jogo, as vaias e intensidade

0

Sérgio Soares analisa partida e critica vaias da torcida para Willians Santana

Treinador diz que torcida precisa ir para a Fonte Nova disposta a incentivar os jogadores e comenta sobre as chances criadas e desperdiçadas pelo time tricolor

bahia luverdense (Foto: Jayme Brandão/ Divulgação/ EC Bahia)

O Bahia venceu o Luverdense na Fonte Nova por 3 a 1 (Foto: Jayme Brandão/ Divulgação/ EC Bahia)

O Bahia venceu o Luverdense por 3 a 1 na noite da última quarta-feira e garantiu vaga para enfrentar o Paysandu na terceira fase da Copa do Brasil. O desempenho tricolor na partida agradou o técnico Sérgio Soares, principalmente a atuação do primeiro tempo, quando o time baiano marcou dois gols e dominou por completo o adversário.

Após o confronto, Sérgio Soares avaliou o rendimento da equipe na partida realizada na Arena Fonte Nova. O treinador afirmou que a primeira etapa de alta intensidade teve um custo para o Bahia, que viu o Luverdense equilibrar as ações no segundo tempo.

– Foi um primeiro tempo intenso. De altíssima intensidade. Natural conseguir o resultado e não suportar a intensidade durante 90 minutos. No segundo tempo caiu o ritmo e mesmo assim tivemos oportunidade para fazer três ou quatro gols – analisou.

O treinador tricolor também criticou as vaias para Willians Santana. Antes de entrar em campo, o jogador ouviu protestos da torcida. No fim do jogo, ele marcou um gol e foi abraçado por todo o elenco.

– Acho que o torcedor tem que vir incentivar. Não pode o atleta se dirigir para entrar no campo e ser vaiado. Foram alguns torcedores. Na nossa casa, temos que fazer pressão sempre para o adversário e unificar forças. O que vem da arquibancada tem que ir para o campo de forma positiva – disse Soares.

Confira outros pontos abordados pelo técnico na coletiva:

OPORTUNIDADES CRIADAS E DESPERDIÇADAS

– A preocupação existe [pelas chances desperdiçadas], mas temos que olhar para o lado positivo. A equipe está criando. A equipe fez com que o jogo se tornasse fácil em função da performance que teve no primeiro tempo. A equipe atuou bem e deu a impressão de que foi fácil. Temos que trabalhar mais. Se fizermos todos os gols que criamos, vamos fazer dez todos os jogos. O índice de aproveitamento está bom nesse primeiro momento.

INTENSIDADE DO PRIMEIRO TEMPO

– A equipe teve uma intensidade muito alta na primeira etapa. Algo de encher os olhos. Não dá para ter essa intensidade durante os 90 minutos. Erramos um pouco no segundo tempo. Queríamos trabalhar por dentro, ao adversário roubava a bola e saia em cima de nossa equipe. Mas criamos situações para marcar. Caímos no segundo tempo, mas foi normal. Era para levar a bola pelos lados e tentamos jogar por dentro.

Comentários
Carregando...