Felipão anuncia convocação e ‘quebra-pau’ com jornalista; Veja

Robinho substitui Pato na última convocação de Felipão no ano

A última convocação do ano do técnico Felipão não teve muitas novidades. A principal delas foi a volta do atacante Robinho, do Milan, após dois anos. Obviamente, Alexandre Pato foi escolhido para deixar a lista da Seleção Brasileira, praticamente definida para a 20ª participação na Copa do Mundo.

Nesta quinta-feira, em um hotel no Rio de Janeiro, o treinador anunciou os 23 jogadores que defenderão o time para os amistosos contra Honduras, dia 16, em Miami (Estados Unidos), e Chile, três dias depois, em Toronto (Canadá). A África do Sul, em março, será a última adversária antes do Mundial.

Já no meio-campo, Willian, do Chelsea, substitui Lucas, que vem sendo muito irregular no PSG e na própria equipe nacional. Já se especulava que o ex-são-paulino teria perdido espaço com Felipão. Enquanto isto, o ex-corintiano volta a ser lembrado também depois de dois anos.

Marquinhos, do PSG, já havia sido convocado antecipadamente pela comissão técnica canarinho, que queria agilizar o visto de entrada nos EUA. Daniel Alves, Lucas Leiva e Hulk acompanharam o defensor e souberam da escolha momentos antes.

Felipão convocou pela última vez no ano, dando nova chance a Robinho e deixando Pato de fora

Em ótima fase no Campeonato Espanhol, Diego Costa era outro convocado, mas acabou escolhendo a Espanha, já que tem dupla cidadania. A decisão irritou a CBF e Felipão, sendo que o último anunciou a sua "desconvocação automática". Minutos antes da coletiva de imprensa, o diretor de comunicações da CBF, Rodrigo Paiva, afirmou que o assunto estava "encerrado".

Usando a última relação como base, os arqueiros Jéfferson, do Botafogo, e Diego Cavalieri, do Fluminense, além dos zagueiros Dedé, do Cruzeiro, e Henrique, do Palmeiras, desaparecem. A intenção do selecionador é a de não prejudicar muito os times na reta final de Campeonato Brasileiro.

Recuperando-se de grave lesão na coxa, o centroavante Fred só voltará a atuar mais para o final de novembro, mas continua nos planos de Felipão. Ele vem mantendo contato constante com o departamento médico do Tricolor carioca para saber da reabilitação do seu camisa 9.

Kaká fora: parecendo ter voltado aos seus melhores dias, Kaká, do Milan, continuou de fora. Nesta quarta, o camisa 22 marcou um golaço sobre a Lazio, em clássico italiano, e afirmou "estar fazendo sua parte" para voltar a vestir a amarelinha.

Goleiros: Júlio César (QPR) e Victor (Atlético-MG);

Zagueiros: Thiago Silva (PSG-FRA), Marquinhos (PSG-FRA),  David Luiz (Chelsea) e Dante (Bayern de Munique-ALE);

Laterais: Daniel Alves (Barcelona-ESP), Marcelo (Real Madrid-ESP), Maicon (Roma-ITA) e Maxwell (PSG-FRA);

Volantes: Paulinho (Tottenham-ING), Ramires (Chelsea-ING), Hernanes (Lazio-ITA), Lucas Leiva (Liverpool-ING) e Luiz Gustavo (Wolfsburg-ALE);

Meias: Oscar (Chelsea-ING), Willian (Chelsea-ING) e Bernard (Shakhtar Donetsk-UCR);

Atacantes: Neymar (Barcelona-ESP), Robinho (Milan-ITA), Jô (Alético-MG) e Hulk (Zenit-RUS).

Vamos votar:

A maior Torcida do Nordeste

A BELA Tricolor Katiely Kathissumi precisa do seu voto

Não deixe de ler:

Bahia tem conta bloqueada pela justiça

Confira também:

Liga dos Campeões – Classificação – Tabela e Regulamento

Tabela interativa da Série A com atualização online

Os melhores vídeos – YouTube União Tricolor Bahia

Felipão nega irritação com Diego Costa, mas esbraveja e levanta

Minutos antes da coletiva de imprensa do técnico Felipão começar, o diretor de comunicações da CBF, Rodrigo Paiva, foi bem claro: “O assunto Diego Costa está encerrado”. Mesmo assim, as polêmicas em volta da “desconvocação” do atacante continuaram na manhã desta quinta-feira, em hotel no Rio de Janeiro.

Mesmo relacionado para os amistosos da Seleção Brasileira contra Honduras e Chile, em novembro, o jogador do Atlético de Madrid acabou escolhendo a seleção da Espanha, já que tem dupla cidadania. A decisão teria irritado a CBF e o próprio Felipão, que acabou desconvocando o atleta.

Felipão acabou sendo perguntado sobre a relação entre este fato e a sua passagem por Portugal. Ele, inclusive, defendeu as naturalizações do zagueiro Pepe e do meia Deco, que, nascidos brasileiros, acabaram defendendo o time rubro-verde.

“Não tem relação nenhuma”, esbravejou, antes de se irritar com o jornalista que o questionou sobre a raiva com a decisão de Diego Costa. “Só desconvoquei, que é a minha função. Vocês não têm que julgar minhas imagens, mas sim minhas palavras. A pergunta é ridícula”, disse.

Então, Felipão levantou e quase deixou o local, mas voltou a se sentar rapidamente para responder as últimas perguntas. Lucas e Alexandre Pato, que ficaram de fora da lista, e até o gordinho Walter foram ignorados pelo treinador, que nunca fala sobre nomes não-convocados.


Fonte: Gazeta Esportiva

Foto: Mowa Press