Fifa condena cobertura dos protestos

Fifa condena cobertura dos protestos pela imprensa brasileira

Fifa condena cobertura dos protestos pela imprensa brasileira

A Fifa avaliou como positivamente a primeira fase da Copa das Confederações e exaltou o torneio. No entanto, a entidade máxima do futebol criticou duramente a cobertura da imprensa nos protestos que tomaram conta do país. "Temos que colocar objetividade novamente nessa discussão que está muito acalorada e emocional. Jornalismo não é apenas audiência, mas uma responsabilidade social", disse Walter di Gregorio, diretor de comunicação da Fifa. Para o dirigente, houve excesso por parte da mídia e a impressão passada é que o Brasil se encontra em guerra civil “Para dar apenas um exemplo, que considero forte: vi uma cena na TV nos últimos dias, de gente quebrando um sinal de trânsito e pulando em cima dele. A cena foi mostrada de quatro ângulos diferentes, 24 horas por dia. Isso dá a impressão de que não havia mais sinais de tráfego no país inteiro, e a percepção externa é que o país está sob fogo cerrado, que há uma guerra civil acontecendo. Não é o caso”, pontuou.

Tabela interativa da Série A: http://uniaotricolorba.com.br/tabelaseriea.asp


Fonte: Felipe Santana – Bahia Notícias

Foto: Max Haack – Ag. Haack – Bahia Notícias