Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Fifa contraria a orientação da CBF sobre ‘bola na mão’

0

Chefe da arbitragem da Fifa contraria a orientação da CBF sobre bola na mão

O chefe do departamento de arbitragem da Fifa, Massimo Busacca, afirmou nesta quarta-feira que o conceito de bola na mão "nunca mudou" e que os árbitros devem, sim, levar em conta a intenção do jogador na hora de marcar uma infração.

O discurso de Busacca vai na contramão da orientação da CBF a seus árbitros, e que gerou uma série de decisões polêmicas nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro. Em conversa com jornalistas brasileiros em Zurique, na sede da Fifa, Bussacca afirmou:

– Existe o movimento natural de pular, ou correr, que você não pode fazer com as mãos coladas no corpo. Se a bola bate na mão em casos assim, é claro que não é falta. Da mesma forma, quando um jogador desliza para tentar cortar um cruzamento, não é natural que ele levante a mão. Aí sim é falta. Os árbitros têm que entender quando o jogador faz um gesto para ampliar a área do corpo.

Busacca disse mais:

– O árbitro não tem que pensar só como árbitro, nem o auxiliar só como auxiliar. Eles têm que entender o que o jogador pretende ao fazer um movimento. Os braços fazem parte do corpo. Marcar falta toda vez que a bola bate no braço é um desrespeito ao atleta. Os braços fazem parte do corpo, é importante para encontrar equilíbrio

Comentários
Carregando...