Grêmio especula Cristóvão

Grêmio analisa perfis, não descarta técnico empregado e elogia Cristóvão

Segundo o diretor executivo Rui Costa, "tudo é possível" e todos os nomes estão sendo avaliados para assumir o comando da equipe


Cristóvão Borges, do Bahia, é um dos nomes especulados

Sem técnico desde sábado, quando demitiu Vanderlei Luxemburgo, o Grêmio passa para a fase de analisar nomes. O diretor de futebol Rui Costa garante que não abriu tratativas com nenhuma opção e, quando questionado sobre alguns profissionais, "não descarta ninguém" nem os que já estão vinculados a algum clube. Também rende elogios a Cristóvão Borges, hoje no Bahia, embora não confirme publicamente o interesse.

Sobre o perfil desejado, entenda-se conhecimento do clube, compreensão do ambiente e vontade de vencer. Por isso, se necessário, poderá entrar em negociação com outros clubes, para que possa contar com técnicos que já estejam trabalhando.

– Não descarto ninguém. O mercado está aberto. Dentro do perfil falado, vamos tentar encaixar.  Tudo é possível. Sempre buscamos caminho direto com os clubes (no caso de contar com um treinador empregado). Os treinadores que hoje estão empregados, acabam tendo resistência em trocar de clube. Isso é algo que pesa no mercado. Tirar um treinador de um clube de médio e grande porte tem custos. Mas é uma possibilidade. Estamos analisando perfil e características – afirmou o diretor executivo Rui Costa, em entrevista à Rádio Guaíba.

O dirigente elogiou Cristóvão Borges, atual comandante do Bahia e que teve uma passagem vitoriosa pelo Grêmio como jogador no final da década de 1980, sendo tricampeão gaúcho e campeão da Copa do Brasil de 1989. Como treinador, fez um bom trabalho no Vasco em 2011, quando ainda era auxiliar técnico – o titular Ricardo Gomes sofreu um AVC em agosto. Garantiu o segundo lugar do Campeonato Brasileiro e chegou às semifinais da Copa Sul-Americana.

O nome de Cristóvão passou a especulado como uma boa alternativa para o lugar de Luxemburgo. E, seguindo a linha de pensamento, também não foi descartado por Rui Costa.

– É um bom treinador, da nova geração. Fez um bom trabalho no Vasco. É um profissional sério e isso é importante. Mas é isso. São profissionais diferentes (em comparação com Renato, outra possibilidade, e Luxa), mas que merecem de mim todo o respeito – disse.

Enquanto o Grêmio não define um substituto, quem comanda o grupo de jogadores é o auxiliar técnico Roger Machado, que passa a ser interino até a chegada de um novo treinador. Nesta segunda-feira, acontece a reapresentação após um domingo de folga. Trabalho será realizado em dois turnos no Estádio Olímpico.

Tabela interativa da Série A: http://uniaotricolorba.com.br/tabelaseriea.asp


Fonte: GLOBOESPORTE.COM

Imagem: ECB