Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Guilherme Bellintani fala sobre as vantagens do Bahia ter sua marca própria de uniformes

Novos uniformes do clube foram produzidos pela marca "Esquadrão", que pertence ao Tricolor

Guilherme Bellintani concede entrevista coletiva (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)
38

Na noite desta quinta-feira (27), o Bahia lançou seu novo uniforme em evento na Arena Fonte Nova. O presidente Guilherme Bellintani, em entrevista ao site Bahia Notícias, falou sobre a importância do Bahia ter criado a sua marca própria de material esportivo. Os novos uniformes são fornecidos pela marca Esquadrão, que pertence ao clube:

Primeiro ganha em engajamento da torcida. Orgulho, pertencimento, envolvimento. Um concurso com mais de 400 pessoas. A própria torcida desenhou e ela própria escolheu o modelo de camisa. Nesse primeiro momento, a torcida passa a ter orgulho da marca própria do Esporte Clube Bahia que é a marca Esquadrão. O segundo grande ganho é o econômico. O Bahia passa de 10, 11 reais por camisa vendida ao valor de 35 reais por camisa. Além disso, um preço muito diferenciado para a compra da loja Esquadrão. A loja vai comprar da fábrica por um preço muito menor. E, como desdobramento disso, a possibilidade de fazer diversos outros produtos com a marca Esquadrão

Guilherme Bellintani também falou sobre os benefícios econômicos que o clube terá com a marca própria. Segundo ele, apenas no primeiro dia de vendas do novo uniforme, o clube recebeu o mesmo valor que todo o ano de 2017, quando tinha contrato com a empresa Umbro:

A expectativa é que a gente saia de uma arrecadação de R$ 800 mil por ano de royalties para uma arrecadação de até R$ 4 milhões em 2019. Quer dizer, quatro a cinco vezes maior em relação ao que a gente produz hoje. Só aqui no dia do lançamento a gente já passou o valor arrecadado em royalties do ano passado. Estamos chegando a quase R$ 1 milhão em royalties antes da camisa começar a ser vendida nas lojas. Isso é muito importante e faz parte do nosso projeto e estratégia de elevação econômica do clube. Vale dizer que cada elevação importa em mais investimento dentro de campo, mais investimento no futebol. O fim de todo clube não é guardar dinheiro, é gastar dinheiro com o futebol

Guilherme Bellintani também revelou que, além das duas camisas lançadas, o Bahia também terá um terceiro uniforme, que será lançado mais perto do fim do ano:

Por todo o estudo de mercado que a gente fez esse é só o momento de lançar os uniformes 1 e 2 e ali, perto do Natal, a gente lança o uniforme 3. Para aproveitar o décimo terceiro e o momento natalino de dar presentes

O presidente tricolor também falou sobre a linha de uniformes voltada ao torcedor, que terá um valor mais barato. Porém, esta linha só será comercializada a partir do mês de novembro:

É porque a fábrica tem uma capacidade de produção que a gente deve respeitar, justamente para não interferir na qualidade. A gente vem obedecendo e respeitando muito a capacidade produtiva da fábrica

Guilherme Bellintani também explicou o gerenciamento da logística da marca. Segundo o mandatário, foi criado um novo departamento dentro do clube para cuidar desta questão:

A forma como a gente começa no lançamento já mostra muito claramente o que nós montamos de estratégia e logística. No lançamento, nós já arrecadamos de royalties um valor maior do que todo o ano de 2017. Isso significa que as lojas já estão comprando, os materiais já estão chegando às lojas. A fábrica que a gente contratou tem experiência disso. Ela fabrica outros materiais de outras marcas como a própria Umbro, então já está acostumada com esse processo. A gente também montou dentro do clube um departamento fortalecido de royalties que vai fazer esse gerenciamento

O presidente tricolor declarou que o clube se preparou para botar o projeto em prática. Segundo ele, este novo departamento irá focar na correção de possíveis erros que irão aparecer neste início de implantação:

De certa forma, vamos pagar um preço por eventuais erros que aconteçam e que estejam fora do planejamento. O que a gente faz é, de forma antecipada, tentar planejar ao máximo todo tipo de problema e consequências que venham a partir das nossas escolhas e, caso aconteçam erros, a gente corrigir imediatamente. Por isso que montamos dentro do clube um bom sistema de núcleo de royalties e fora do clube cercando de fornecedores, parceiros que tenham experiência. Por isso que a marca Esquadrão chega para ficar, pela porta da frente do mundo esportivo brasileiro

Guilherme Bellintani também garantiu que já foi planejada a logística para distribuir as camisas que serão dadas de brinde aos sócios que quitarem as 12 mensalidades.

O Bahia irá estrear o novo uniforme no próximo sábado (29), às 21h, quando enfrenta o Flamengo, na Arena Fonte Nova, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Comentários
Carregando...