Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Para Guilherme Bellintani, confusão no aeroporto foi muito além do limite

Confusão ocorreu em desembarque da equipe na última sexta-feira (20) e o zagueiro Everson teve seu carro perseguido por torcedores

Guilherme Bellintani concede entrevista coletiva (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)
42

Neste domingo (22), o Bahia goleou o rival Vitória por 4 a 1, na Arena Fonte Nova, pelo Campeonato Brasileiro. Porém, o presidente Guilherme Bellintani ainda teve de falar sobre a confusão ocorrida na última sexta-feira (20), no desembarque da equipe do Bahia no aeroporto de Salvador.

Guilherme Bellintani declarou que a atitude dos torcedores de uma torcida organizada foi “muito além do limite”. O mandatário também falou sobre a perseguição ao carro do jovem zagueiro Everson:

As cobranças chegam sempre, mas o que aconteceu sexta não foi cobrança, foi um fato muito além do limite. Respeito a história da Bamor, tem muita gente de bem ali, é fundamental para o Bahia jogando na Fonte Nova, mas não ajuda em nada o que aconteceu. Conversamos com os atletas, respirando sobre o que aconteceu, principalmente sobre o Everson. Por pouco o filho dele não se acidenta gravemente. Tenho dúvida se Everson saísse do carro com a maçaneta quebrada o que poderia acontecer. Ainda bem que a esposa dele conseguiu tirar o carro. O torcedor precisa pensar nisso. A gente também fica com raiva, mas isso piora. Tivemos uma gestão de emergência, trabalhando o psicológico dos atletas. Vi no hotel que demos uma virada depois de muita conversa e vimos que eles esqueceram. Mas nós, como clube, não podemos esquecer

Guilherme Bellintani declarou que o clube não pretende cortar relações com a torcida, mas pediu para houvesse uma reflexão sobre a confusão. Nesta segunda-feira (23), Everson ficou de prestar queixa sobre o ocorrido:

A gente tem respeito por qualquer torcida. Tenho diálogo com a Bamor e gostaria inclusive de ter um diálogo maior, mas acho que passa por um processo de reflexão da própria Bamor. Não temos que ensinar nada a ninguém. A própria Bamor, pela importância que ela tem, pela diferença que ela tem, saber que quase colocou tudo a perder

O presidente analisou positivamente o trabalho que vem sendo feito no futebol. De acordo com ele, contratações serão realizadas, mas cautelosamente:

Estamos botando as coisas no lugar. Vejo o trabalho que vem sendo feito nos bastidores, inclusive antes com Guto Ferreira e agora com Enderson também. É um momento que a gente vê o trabalho evoluindo, mas os placares elásticos e as derrotas maiores não me iludem. É um trabalho responsável, cuidadoso, precisamos de reforços, mas temos que ter cautela. Às vezes é confundido com vagarosidade, lentidão, mas é cautela. Não adianta trazer um atleta com nível inferior ao que temos. A gente estava devendo isso para a torcida, é dia de comemorar, mas vemos como uma sequência de trabalho

O Bahia está na 13ª posição do Campeonato Brasileiro, com 16 pontos conquistados. O Tricolor volta a campo nesta quarta-feira (25), às 21h45, enfrentando o Cerro, do Uruguai, no estádio de Pituaçu, pela primeira partida da segunda fase da Copa Sul-Americana.

Comentários
Carregando...