Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Guto Ferreira explica time reserva contra o Blooming: “Ninguém é maquina”

Fora de casa, o Tricolor foi derrotado pela equipe boliviana por 1 a 0 pela Copa Sul-Americana

Guto Ferreira concede entrevista coletiva (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)
185

Nesta quarta-feira (11), o Bahia foi derrotado por 1 a 0 pelo Blooming, da Bolívia, na estreia pela Copa Sul-Americana. Em entrevista coletiva após o jogo, o técnico Guto Ferreira explicou a escalação da equipe, que atuou com um time quase todo de reservas. Dos 11 que começaram a partida nesta quarta, apenas o goleiro Douglas havia sido titular na decisão do Campeonato Baiano contra o Vitória no último domingo (8).

Guto Ferreira explicou que precisava dar um descanso aos jogadores, que enfrentaram uma decisão no domingo e teriam que encarar uma viagem cansativa até a Bolívia. Além disso, o Tricolor estreia no Campeonato Brasileiro neste domingo, contra o Internacional:

Vamos jogar quarta, domingo, quarta, domingo, 16 vezes seguidas. Se eu não parar, não achar um momento de preparação… é humanamente impossível colocar todo mundo. Eu quero ganhar tudo, mas você tem que usar a cabeça porque ninguém é máquina. Até a máquina, se passar do ponto, ela quebra. Se eu coloco aqui, corria o risco de ter problemas ou aqui ou no domingo, na estreia do Brasileiro

Apesar da derrota pra o Blooming, Guto Ferreira não mostrou insatisfação com o desempenho do Bahia na partida. O treinador falou sobre as chances criadas pela sua equipe:

Analisando o adversário, a gente sabia o risco que corria aqui. Uma equipe que vem jogar fora de casa, uma partida internacional e cria pelo menos cinco chances, era para a gente ter vencido ou, no mínimo, ter empatado, mas não aconteceu. Paciência. Houve um momento em que tudo o que estou falando aconteceu, a equipe foi desgastando. Terminamos esse primeiro tempo de jogo, de 90 minutos, 1 a 0. Vamos trabalhar para reverter em Salvador

O treinador ainda avaliou a atuação de alguns jogadores tricolores na Bolívia:

Muito contente com Grolli e Becão, Partida muito firme. Mena, em que pese ter que marcar o principal jogador deles, muito rápido, e estando há 60 dias sem jogar, fez uma partida boa. Edson voltou a jogar em uma condição boa. Nilton bem no início, depois vai caindo. Allione jogando os 90 minutos. João Pedro, primeiro tempo melhor, segundo caindo. Normal. Essa foi uma ideia. A ideia foi manter, pela partida que fez domingo, de tê-lo na sequência para que siga nesse ritmo, porque vamos precisar dele.

O jogo de volta entre Bahia e Blooming acontece no dia 8 de maio, na Arena Fonte Nova.

Confira o que Guto Ferreira falou em entrevista coletiva

Flávio
– Jogador jovem, vem treinando muito bem, tem dinâmica muito boa no setor. Vai maturando junto com o grupo, recebendo oportunidades, e daqui a pouco pode aparecer numa condição boa, porque tem virtudes técnicas, jogadores inteligentes, precisa de oportunidade.

Marco Antônio
– Embora seja menino, vem numa sequência grande e tem muita coisa para frente. Domingo, depois na sequência, na sequência, também passou por isso, pela situação de ter treinado a equipe… O goleiro tem o trabalho e o tempo diferente, não precisa estar o tempo todo em cima. Marco está no processo de recuperação e terminou o jogo extenuado. Por ser jovem, a recuperação é mais rápida. Tenho certeza de que daqui a pouco vai terminar o jogo em alto nível.

Comentários
Carregando...