‘Insatisfação, frustração e tristeza’…

Cristóvão Borges: "estamos insatisfeitos, frustrados e tristes"

Técnico revela sentimento do elenco após empate com o Atlético-PR, na Fonte Nova, pelo placar de 1 a 1

A situação do Bahia no Campeonato Brasileiro é delicada. A sete rodadas do fim do torneio, apenas quatro pontos separam o Tricolor da zona de rebaixamento. O empate em 1 a 1 com o Atlético-PR, na Arena Fonte Nova, resultou em vaias da torcida e aumentou a desconfiança em relação ao poder de reação da equipe. Entretanto, o técnico Cristóvão Borges acredita que a partida de domingo foi atípica e revelou o sentimento do grupo após o duelo.

"Complicado até pelo campeonato estar chegando na sua reta final e precisamos sair dessa posição. Estamos insatisfeitos, frustrados e tristes com a nossa apresentação. Um jogo em que nós fomos muito ruins, fomos muito mal. Nesse nível poucas vezes aconteceu. Principalmente, pelos últimos jogos que fizemos. A equipe estava demonstrando um futebol que estava nos dando confiança e hoje foi muito ruim. Dentro de tudo isso, o empate serve para alguma coisa, pois a diferença (para zona de rebaixamento) aumenta um pouco. É a única coisa que é satisfatório", afirmou o treinador.

Não deixe de ler:

Arenas das Dunas será garantida com Petróleo

Confira também:

Liga dos Campeões – Classificação – Tabela e Regulamento

Tabela interativa da Série A com atualização online

Os melhores vídeos – YouTube União Tricolor Bahia

Perguntado se a falta de conjunto dos atletas é um problema, Cristóvão discordou. "Não concordo com falta de conjunto. Se fosse assim, nossos jogos demonstrariam falta de conjunto em sequência. Fizemos jogos bem jogados. Hoje (domingo) que tudo foi ruim", analisou. Com 37 pontos, o Bahia é o 15º colocado na Série A. A zona de rebaixamento atualmente tem Ponte Preta (33 pontos), Vasco (33), Criciúma (32) e Náutico (17). O Fluminense é o primeiro fora da zona, o 16º, com 36 pontos.


Fonte: IBahia

Foto: Mauro Akin Nassor – Correio