Intervenção no Esporte Clube Bahia pode ser definida ainda hoje

Nesta terça-feira (9), às 8h30, no 2º andar do Tribunal de Justiça da Bahia, a desembargadora Lisbete Maria de Almeida julgará a procedência da medida cautelar impetrada pelos advogados do presidente do Bahia, Marcelo Guimarães Filho, para impedir a sentença que autoriza a intervenção judicial no clube. Se a medida cautelar for derrubada, o clube sofre novo processo de intervenção de imediato, até ocorrer novo recurso da parte interessada. 

Na última segunda-feira (08), a decisão do juiz Paulo Albiani, que julgou em favor da intervenção em 1ª instância, negou uma apelação feita pelos advogados de MGF e nomeou novamente o advogado mineiro Carlos Rátis como possível interventor do clube. Também por decisão de Albiani, caso a intervenção seja deflagrada, Rátis será assessorado pelos advogados Cyrano Vianna Neto, Alexandre Valente Derschvm e Danilo Pessoa de Souza Tavares.

Após a repercussão da decisão do juiz Albiani, o movimento 'Bahia da Torcida', que apoia a saída de Marcelo Guimarães do comando do Bahia, pediu que a torcida do Bahia se manifeste de forma pacifica.

"É importante alertar que manifestações perto do tribunal não vão ajudar. O jogo está a nosso favor, se houver qualquer pertubação da ordem antes do julgamento, pode servir para ele não acontecer normalmente e isso é o que a gente não quer. Esse alerta partiu de uma orientação jurídica. Vamos ser prudentes, que tudo está caminhando para dar certo", alerta o comunicado.

Ratis que disse que só vai falar sobre o assunto após a decisão pela intervenção for publicada no Diário Oficial. Mesmo não querendo se aprofundar sobre o assunto, Ratis confirmou que a decisão sairá no Diário Oficial de amanhã e adiantou que já está conversando com a equipe que será montada para a intervenção.

Origem : Bocao News
Autor : Bocao News