Intervenção será julgada dia 18 de junho

Intervenção do Presidente do Bahia será julgada dia 18 de junho

A data já está definida para o julgamento da liminar que garante a permanência de Marcelo Guimarães Filho na presidência do Bahia e impede a entrada de um interventor. O julgamento, que irá ocorrer na 2ª Câmara do Tribunal de Justiça, foi remarcado para o dia 18 de junho.

Um medida cautelar não entrou na pauta e por isso houve o adiamento do julgamento, até então marcado para o dia 11.

 

Caso a liminar seja derrubada, MGF será afastado do cargo e dará lugar a um interventor indicado pela Justiça, para realizar um trabalho de regularização do Conselho Deliberativo e definir nova eleição presidencial. O nome mais cotado para ser o interventor é o do advogado Carlos Rátis.

A ação, movida pelo Ex-Conselheiro do clube, Jorge Maia, apontou irregularidades na eleição do conselho que o elegeu presidente para o segundo mandato e já recebeu sentença favorável em primeira instância, pelo juiz Paulo Albiani, da 28ª Vara Cível, em março de 2012.

Com isso, a intervenção só vai acontecer após a definição do outro processo ligado ao caso, de suspeição do juiz, o que é comemorado por membros da oposição.

Fonte e foto 2: Redação Bocão News