Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Jackson fala sobre o retorno do Bahia à Fonte Nova após três meses; Veja

Bahia x Bragantino Fonte Nova

A última vez que o Bahia jogou na Arena Fonte Nova teve de tudo. Lutando pelo acesso à Série A, a equipe baiana encarou o Bragantino, abriu o placar com um golaço de Luiz Antônio, ampliou a vantagem, mas deixou angustiados mais de 43 mil torcedores ao ceder o empate. A explosão de alegria veio no fim da partida, com gol de Renato Cajá que encaminhou o retorno para a elite.

Pouco mais de três meses depois, os torcedores tricolores se reencontram com a Fonte Nova nesta quinta-feira, quando a equipe enfrenta o Altos-PI, pela Copa do Nordeste – os ingressos para a partida já estão à venda. O retorno ao estádio é cercado de expectativas, principalmente pelo ótimo desempenho no segundo turno da Segundona, quando o Bahia venceu todas as partidas que fez por lá.

Quem se mostrou ansioso para retornar à Fonte foi o zagueiro Jackson, em entrevista coletiva concedida na última terça-feira.

– A Fonte representa e muito para a gente. No ano passado, ficou nítido, nos ajudou muito. Nosso acesso foi por conta da Fonte. A gente fica esperançoso para poder voltar e encontrar a torcida que nos ajudou muito – avaliou.

Uma reforma no gramado na Fonte Nova foi o que impediu que o Bahia atuasse no estádio nos dois primeiros meses do ano, tendo que mandar os jogos em Pituaçu. Jackson reflete sobre a importância do reparo e lembra que, no fim do ano passado, esse gramado já estava um pouco castigado.

– Expectativa enorme de poder voltar, poder olhar o gramado de perto. Ano passado, estava um pouco ruim. Não tinha tempo para cuidar do gramado, e agora teve. A gente já vem sofrendo nesse início de temporada com os campos que estamos jogando. Muitos não têm condição de jogo, mas temos que passar por cima. Estou feliz de voltar para a Fonte e desempenhar um bom futebol nesse gramado – diz.

Ele cita como exemplo o gramado do estádio Lindolfo Monteiro, onde o Tricolor enfrentou o próprio Altos-PI, na primeira fase da Copa do Nordeste.

– Já vimos um pouco o vídeo do Altos. Um time qualificado, que tem suas virtudes, um contra-ataque muito rápido. Tem jogadores que podem decidir o jogo em um lance. Acredito que no jogo de lá, a gente sofreu muito. Eles já estão acostumados com o campo, devem treinar lá. Acredito que, com o jogo na Fonte, será totalmente diferente – finalizou o zagueiro Jackson.

A partida entre Bahia e Altos-PI, nesta quinta-feira, está marcada para 21h30 (horário de Brasília), na Arena Fonte Nova.

Comentários
Carregando...