Joel Santana: ‘Tenho pesadelos’

Magoado, Joel diz que não foi tratado como merecia no Bahia

O técnico Joel Santana parece ainda estar muito magoado com a forma que acabou deixando o Bahia, após sua rápida passagem de pouco mais de um mês no comando do clube no campeonato baiano de 2013.

O treinador, atualmente desempregado, foi um dos convidados do programa "Redação Sportv" na manhã desta terça-feira, 4, onde fez um longo desabafo sobre o assunto. Joel acha que não foi tratado como merecia no tricolor baiano.

"Todas as vezes que fui foi para tirar o Bahia de situação difícil. A primeira foi em 1994. Conheço bem os dirigentes do Bahia: Paulo Maracajá, o presidente Marcelo (o ex-presidente Marcelo Guimarães), o Marcelinho (o atual presidente Marcelo Filho). São pessoas que tenho um respeito muito grande. Mas da última vez que estive fique muito sentido, não fui tratado como merecia. Principalmente no final. Cheguei para recuperar um campeonato que estava perdido. contratei um jogador, o Fernandão, que está fazendo gols. Fiquei magoado porque fiquei 15 dias no hotel sem receber um telefonema, ninguém foi capaz de se comunicar e falar alguma coisa. Então resolvi ir embora".

O treinador ainda fez outra revelação. Segundo Joel, ele teria sido convidado para assumir o Vitória antes de Caio Júnior.

"Tenho uma paixão pelos dois times da Bahia, fui campeão nos dois clubes. Nunca tinha falado isso, mas antes de ir para o Bahia, fui convidado para ir para o Vitória antes do Caio (Júnior). Não fui porque ainda estava recuperando da minha operação (no quadril). Tenho muita amizade pelo povo da Bahia. Me derrubaram (no Bahia) por uma questão política".

Agora, o Papai Joel quer esquecer o que passou no Bahia. "Ainda durmo tendo pesadelos. Gostaria que nunca tivesse acontecido. Pensei que tinha visto quase tudo em futebol e agora vi é que eu não vi nada. Preciso ver mais algumas coisas".

Ao final da entrevista, Joel deixou um recado enigmático, o qual não quis explicar para quem era dirigido. "Nem sempre o sorriso mais bonito é do palhaço".

Fonte: Lucas Cunha /A Tarde 04/06/2013

Imagem: ECB / Divulgação