Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Joia do Brasil no Mundial Sub-17 é seguida por Real e Barça

9

Joia do Brasil no Mundial Sub-17 é seguida por Real e Barça e rejeitou renovação com Atlético-PR

 Antes da viagem para a disputa do Mundial Sub-17 nos Emirados Árabes, a CBF fez um convite aos pais dos jogadores para um almoço de despedida no CT do São Paulo em Cotia, onde a…

Nathan foi o principal destaque da campanha brasileira no Mundial Sub-17 (© Getty)

Nathan foi o principal destaque da campanha brasileira no Mundial Sub-17

Antes da viagem para a disputa do Mundial Sub-17 nos Emirados Árabes, a CBF fez um convite aos pais dos jogadores para um almoço de despedida no CT do São Paulo em Cotia, onde a seleção fez a sua preparação final. José Carlos e Adriana Cristian de Souza marcaram presença e puderam trocar algumas palavras com o técnico Alexandre Gallo.

"Esse chegou para ficar", escutaram do também coordenador das categorias de base da CBF.

Gallo apontava para o filho do casal, Nathan, meia-atacante do Atlético-PR e sua aposta pessoal. Mesmo com a eliminação precoce da competição nesta sexta-feira, em derrota nos pênaltis para o México, nas quartas de final, o treinador retorna de Dubai com a certeza de que acertou em cheio com o jovem jogador de 17 anos.

Camisa 10 da equipe, ele fechou a sua participação da mesma forma que começou: balançando as redes. Ao todo, foram cinco gols em gramados árabes. O suficiente para colocá-lo na alça de mira de diversos clubes.

Ao longo do Mundial, o seu pai e empresário José Carlos calcula ter recebido entre três e quatro ligações por dia de interessados no futebol de Nathan. Até mesmo sondagens para permanecer nos Emirados surgiram. Ao atender a reportagem do ESPN.com.br ontem, ele vinha exatamente de outra chamada. Os dias ficaram mais corridos. E a tendência é que se tornem ainda mais.

Pior para o Atlético-PR.

Antes da ida para o torneio, o clube chamou Seu José para conversar e negociar uma renovação no contrato que se encerra apenas em 2015. Não chegaram a um acordo após a longa conversa. Com a valorização que a revelação assegurou em outubro, ficará mais difícil para a diretoria do Furacão mantê-lo no CT do Caju.

De acordo com membros da base rubro-negra, Nathan recebe atualmente um salário mensal de R$ 1.400, deixando a sua multa para times brasileiros em apenas R$ 2.800 milhões. Um valor que alguns já cogitam pagar para levá-lo de Curitiba. Existe ainda o interesse de equipes europeias como Barcelona, Real Madrid e Roma, que fizeram contato através de representantes para perguntar a respeito da multa de 30 milhões de euros no exterior.

Não deixe de ler:

VÍDEO: Momentos Mágicos – Bahia, o 1o Campeão do Brasil

Estádio não é lugar para o 'Rei do Camarote'

Confira também:

Hall da Fama

Liga dos Campeões – Classificação – Tabela e Regulamento

Tabela interativa da Série A com atualização online

Os melhores vídeos – YouTube União Tricolor Bahia

"Não paro de atender telefone. Muita gente sondando. Mas o que vale é o que está no papel. E como não chegou nada concreto, ele segue como jogador do Atlético-PR por enquanto", afirma o pai do atleta ao ESPN.

Desde 2009 no Furacão, Nathan começou no futebol society e migrou para o futsal. Foi ala do A.D. Hering Futsal, clube de Blumenau, sua cidade natal, conquistando os títulos catarinenses nas categorias sub-9, sub-11 e sub-13. Foi descoberto no interior do Estado pelo hoje dirigente do Fluminense, Klauss Câmara, que teve de aguardar alguns meses até conseguir levá-lo. O sucesso meteórico surpreende até mesmo a família.

"Não esperávamos tudo isso. O Gallo apostou nele. Sabíamos que se ele tivesse uma chance na seleção, iria se destacar, claro. Talvez não tenha o corpo totalmente preparado, mas mentalmente joga muita bola. Acabou sendo tudo muito rápido", reconhece José Carlos.

Nathan já atua no Sub-23 do Atlético-PR, esteve ao lado dos profissionais e, em caso de acordo nas conversas, pode até mesmo pintar ao lado de Paulo Baier e companhia na próxima temporada.

Multa de 30 milhões de euros, contrato com a Adidas e interesse de Barcelona e Real Madrid… Gallo tinha mesmo razão: o meia-atacante veio para ficar.


Fonte: Marcus Alves e ESPN

Foto: Getty

 

Comentários
Carregando...