Juninho Capixaba nega corpo mole por causa de ‘bicho’: “Conversa fiada”

Juninho Capixaba concede entrevista coletiva (Foto: Marcelo Malaquias / Divulgação / EC Bahia)

Na tarde desta quarta-feira (29), o lateral Juninho Capixaba concedeu entrevista coletiva, no Fazendão. O jogador comentou as derrotas do Bahia para Sport e Chapecoense, que fizeram com que a equipe ficasse praticamente sem chances de classificação para a Libertadores. Nas redes sociais, circulou uma teoria de que os atletas fizeram corpo mole nas partidas porque a diretoria do clube negou um pedido de aumento do “bicho” (prêmio em dinheiro) para a classificação para a competição continental:

Foram estabelecidas metas no clube para permanecer na Série A, Sul-Americana e Libertadores. Então, de acordo com as conquistas, existia um valor de bicho para os jogadores. Mas acho que não influenciou em nada, o clube está em dia. É normal que aconteçam derrotas e vitórias. São só especulações, conversa fiada de muitas pessoas de fora

Juninho Capixaba falou sobre o último desafio do Bahia no ano. Com chances remotas de Libertadores, o Tricolor enfrenta o São Paulo no próximo domingo (3), precisando vencer e contar uma grande combinação de resultados. Mesmo assim, o lateral sonha com a classificação para a competição continental.

Vai ser um jogo muito difícil. São Paulo e Bahia ainda estão sonhando com Libertadores. Acho que sonhar não é impossível, né? Gostamos de sonhar. Vai ser uma partida muito disputada. Vi algumas coisas nas redes sociais sobre estádio lotado. Acho que eles estão indo com força máxima. Temos que ir lá para buscar o resultado

Leia também:
Empresário declara que Eder está deixando o Bahia rumo ao Novorizontino
Santos está interessado em Diego Cerri, mas presidente diz desconhecer negociação
Guilherme Bellintani avalia proposta do São Paulo por Jean: “Ainda não é suficiente”
Lateral-esquerdo Juninho Capixaba é sondado pelo Corinthians