Medo na Fifa, terror no COL

Medo na Fifa, terror no COL

Funcionários da Fifa em Salvador, compreensivelmente assustados, estão pedindo para voltar ao escritório central, no Rio.


No COL, no Riocentro, a situação é de descontrôle, com Ricardo Trade, o Baka, de bacalhau, número 2 do órgão, com o rabo entre as pernas nas reuniões matinais junto à Fifa, mas aos berros com seus funcionários.

Hilário Medeiros, o chefe da segurança, evidentemente está inseguro diante do ultimato da Fifa porque sabe que não tem a menor condição de evitar que haja mais cenas desagradáveis em torno da Copa das Confederações.

Enquanto isso, o número 1 do COL, José Maria Marin, como avestruz, silencia, certo de que a crise é pior para o governo do que para ele, como informou o Blog do Perrone.

A ponto de um alto dirigente da CBF fazer piada ao dizer que daqui a pouco ele é que não vai querer se encontrar com a presidenta da República.

Brincam com fogo.

Fonte e imagem: Blog do Juca