México vence Japão por 2 a 1

Hernández marca duas vezes e México vence Japão por 2 a 1

Com dois gols de Chicharito Hernández, o México fez 2 a 1 no Japão e venceu na sua despedida da Copa das Confederações. Okazaki, já no fim, descontou para os orientais. Com um jogo baseado em Giovani dos Santos e Hernández, os mexicanos foram ofensivos na segunda etapa e encontraram o resultado. A seleção japonesa, depois de um jogo disputado contra a Azzurra, decepcionou.

Mesmo eliminadas, equipes não tiram o pé

Como era esperado, Japão e México fizeram uma partida aberta, sem muita responsabilidade. Já eliminados, os times procuraram o ataque e tiveram uma apresentação melhor do que nas duas partidas anteriores. Aos quatro minutos, Kagawa chutou da entrada da área e Ochoa defendeu com o pé.

O jogo ficou concentrado no meio de campo, com lances pontuais de cada lado. Honda, em chute de fora, testou Ochoa. O goleiro caiu e fez boa defesa. A seleção mexicana só foi chegar perto do fim da etapa. Torres levantou na área, Guardado chegou cabeceando livre e carimbou a trave.

No minuto final, o México ainda chegou mais uma vez, com Zavala. O volante finalizou bem e obrigou Kawashima a trabalhar. Zero a zero em um jogo em que ambas as seleções apresentaram evolução em relação aos outros jogos.

Chicharito aparece e decide o jogo

Chicharito e companhia voltaram melhores para a etapa final e ensaiaram uma pressão nos minutos iniciais. Primeiro foi Jimenez, que cabeceou na segunda trave e Kawashima defendeu no reflexo. No lance seguinte, em cruzamento de Guardado, Chicharito se antecipou ao goleiro e cabeceou para inaugurar o placar.

E a blitz continuou. Aos 15, Giovani dos Santos bateu perigosamente e o goleiro japonês fez bela defesa. Pouco depois, o mesmo Giovani levantou na área, Mier desviou e Chicharito completou. Dois a zero com dois de Hernández. Agora sim o atacante justificou a fama de matador.

O Japão chegou a diminuir com Okazak, mas ficou nisso. Com o placar, o México terminou em terceiro e o Japão ficou com a última posição do grupo. Mais do que terminar na frente, o resultado foi importante, pois a seleção mexicana não vencia um jogo há tempos. Com a confiança de volta, a equipe pôde se recuperar de seguidos empates nas eliminatórias e duas derrotas na Copa das Confederações.

FICHA TÉCNICA

Copa das Confederações

Japão 1 x 2 México

Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Data: 22 de junho de 2013, sábado

Horário: 16 horas (de Brasília)

Árbitro: Felix Brych (Alemanha)

Gols: Chicharito (duas vezes) e Okazaki

Cartões amarelos: Sakai (Japão) e Ochoa (México)

Japão: Kawashima; Uchida, Yoshida, Konno e Nagatomo; Nakamura, Endo, Kagawa e Honda; Okazaki e Maeda. Técnico: Alberto Zaccheroni.

México: Corona; Mier, Torres, Rodríguez e Salcido; Flores, Moreno, Torrado e Guardado; Giovani dos Santos e Chicharito Hernández. Técnico: José Manuel de la Torre.

Origem : OGOL

Imagem: Portal Bragança