Mordomia paga com nosso dinheiro.

Governo banca despesas de ministros, oficiais e servidores para assistirem aos jogos

Ministros, oficiais militares e servidores, além de não pagarem para assistir os jogos da Copa das Confederações, terão todas as despesas pagas pelo governo federal. Na última sexta-feira (14), véspera da abertura da Copa das Confederações em Brasília, o governo publicou em edição extra no Diário Oficial da União um decreto que autoriza pagamento de diárias para quem quiser assistir aos jogos nas seis capitais-sedes. Há tabelas dos valores das diárias, por categorias. O governo pagará diárias de hotel de até R$ 581 para ministros do primeiro escalão que quiserem assistir nos estádios. Para os comandantes das três Forças Armadas, o teto da diária é de R$ 406,70. As comitivas ainda poderão viajar nos jatos da Força Aérea Brasileira (FAB), por prerrogativa dos cargos. Mas pelo artigo primeiro do decreto, o governo pode cubrir o dobro destes valores, alcançando então diárias de até R$ 1.162. O decreto prevê que os custos serão cobertos pelos Orçamentos de cada pasta. As viagens com dinheiro público serão autorizadas por cada ministro, que escolherá os servidores de qualquer categoria para o árduo trabalho.

Fonte e imagem: Bahia Notícias